Publicidade

Estado de Minas

Aeroportos de Montes Claros e Uberlândia funcionam normalmente nesta quinta

Terminais registravam falta de combustíveis nessa quarta-feira. Infraero diz que, hoje, apenas cinco aeroportos estão desabastecidos


postado em 31/05/2018 11:45 / atualizado em 31/05/2018 12:06

(foto: Reprodução da internet/Wikipedia)
(foto: Reprodução da internet/Wikipedia)

Os aeroportos de Montes Claros, Norte de  Minas, e Uberlândia, Triângulo Mineiro, que, na tarde quarta-feira, estavam com falta de combustíveis, por causa da greve dos caminhoneiros, teve a situação normalizada na manhã desta quinta, de acordo com informação divulgada pela Infraero.

Na tarde de quarta-feira, conforme divulgado pela empresa, de 54 aeroportos administrados pela Infraero, devido à paralisação dos caminhoneiros, nove situados no interior do país estavam sem combustíveis. Incluindo os de Montes Claros e Uberlândia.  Em outro comunicado divulgado na manhã desta quinta-feira, a Infraero informa que o número de aeroportos com  desabastecimento reduziu para apenas cinco, não existindo mais o problema nos terminais das duas cidades mineiras.

No aeroporto de Montes Claros, foram cancelados na quarta-feira dois voos da empresa Azul, que partiriam para o Aeroporto de Confins (o primeiro às 9h50 e outro às 19h05). Da mesma forma, houve o cancelamento as decolagens de dois voos de Confins em direção a cidade do Norte de Minas, às 8h50 e às 18h, respectivamente. A companhia confirmou que os cancelamentos foram motivados pela falta de combustíveis. 

Nesta quinta, foi cancelado um voo da Azul que sairia de Montes Claros rumo à Confins às 9h50. A Azul informou que o cancelamento já tinha sido feito anteriormente, dentro do “remanejamento” da empresa para manter as suas operações diante da crise do fornecimento de combustíveis gerada pela greve dos caminhoneiros, mas considerando todo o sistema de tráfego aéreo, sem que fosse um problema localizado em Montes Claros.

Por meio de nota, a Infraero destaca que “está acompanhando o abastecimento nos seus 54 aeroportos e tem atuado junto aos órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir a chegada dos caminhões com combustível de aviação aos aeroportos administrados pela empresa, inclusive no período do feriado de Corpus Christi”.

A empresa informa que “os aeroportos estão abertos e têm condições de receber pousos e decolagens. Nos terminais em que o abastecimento está indisponível no momento, as aeronaves que chegarem só poderão decolar se tiverem combustível suficiente para a próxima etapa do vôo”.

A recomendaçao da Infraero aos passageiros é que “procurem suas companhias para consultar a situação de seus voos. Aos operadores de aeronaves, a empresa orienta que planejem seus voos de acordo com a disponibilidade de combustível na rota pretendida”

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade