Publicidade

Estado de Minas DOENÇA

Entenda o que é o câncer de cólon, que causou a morte de Chadwick Boseman

Intérprete do Pantera Negra lutava contra a doença há quatro anos e morreu aos 43 anos, na última sexta-feira, 28


31/08/2020 18:17 - atualizado 01/09/2020 17:02

O ator Chadwick Boseman, que interpretou o personagem Pantera Negra, morreu após quatro anos lutando contra o câncer de cólon(foto: Divulgação)
O ator Chadwick Boseman, que interpretou o personagem Pantera Negra, morreu após quatro anos lutando contra o câncer de cólon (foto: Divulgação)
A morte do ator Chadwick Boseman, de 43 anos, comoveu admiradores ao redor do mundo. O intérprete do personagem Pantera Negra lutava contra um câncer de cólon há quatro anos e morreu na última sexta-feira, 28. O caso chama a atenção para a prevenção da doença pelo exame de colonoscopia.

O câncer de cólon é um dos mais comuns segundo o cirurgião oncológico e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica, Alexandre Ferreira Oliveira. A doença está ligada a fatores hereditários, mas também pode ser adquirido ou congênito.

Ele explica que é um tumor rastreável e altamente curável, se for feito o diagnóstico precoce. “Depois dos 45 anos, todo mundo precisa fazer a colonoscopia de rotina. Caso esse exame fosse feito em geral, a taxa de cura seria maior”, disse.

De acordo com um estudo epidemiológico publicado pela Divisão de Prevenção do Câncer do National Cancer Institute (NCI), com dados de 1980 a 2016 e publicado no final de 2019, a incidência do câncer de intestino é crescente. Entre 30 e 39 anos é o tipo de câncer que mais tem aumentado, motivado pelo estilo de vida que favorece os fatores de risco.

A pesquisa revela que a incidência no Brasil é maior nas regiões Sul e Sudeste. Em Minas Gerais, são 15,6 casos para cada 100 mil homens e 14,2 para cada 100 mil mulheres. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 4 mil casos de câncer de intestino no estado em 2020. 


Sintomas

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), os sintomas são:
  • sangue nas fezes;
  • alteração do hábito intestinal (diarreia e prisão de ventre alternados);
  • dor ou desconforto abdominal;
  • fraqueza e anemia;
  • perda de peso sem causa aparente;
  • alteração na forma das fezes (muito finas e compridas);
  • massa (tumoração) abdominal.

Mas é importante que os sintomas sejam investigados por um médico para o diagnóstico correto e tratamento específico.

Tratamento

Segundo o Inca, o câncer de cólon é uma doença tratável e frequentemente curável. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica, o principal tratamento de câncer colorretal é cirúrgico. 

Após a cirurgia, que retira parte do intestino afetada, outras etapas incluem a radioterapia, associada ou não à quimioterapia para diminuir a possibilidade do retorno do tumor.
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade