Publicidade

Estado de Minas RICARDO KERTZMAN

Alckmin diz que Lula representa a democracia. Mentira! E eu provo por quê

Outrora algoz, ex-tucano, conhecido como 'Santo' nas planilhas de propina da Odebrecht, agora defende o petista


24/03/2022 06:00 - atualizado 24/03/2022 07:58

Geraldo Alckmin segurando cartão de filiação ao PSB
Alckmin, em ato de filiação ao PSB, teceu elogios ao ex-tudo (ex-presidente, ex-presidiário, ex-corrupto e ex-lavador de dinheiro (foto: EVARISTO SA / AFP)
Em 2018, antes de Lula da Silva, o meliante de São Bernardo, ser declarado inelegível pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), na fase de pré-campanha, Geraldo Alckmin, então candidato à Presidência da República pelo PSDB, declarou: ‘após quebrar o Brasil, Lula está querendo se eleger presidente; é como o ladrão voltar à cena do crime’. 

Nesta quarta-feira (23), porém, quatro ano depois da declaração acima, Alckmin, em ato de filiação ao PSB, teceu elogios ao ex-tudo (ex-presidente, ex-presidiário, ex-corrupto e ex-lavador de dinheiro) e disse, entre outras juras de amor, que ‘Lula representa a própria democracia’. Bem, aí, meus caros, pairam dúvidas, né? A ver.

Lula liderou - e foi duplamente condenado em três instâncias por isso - os dois maiores esquemas de assalto a cofres públicos que se tem notícia no ocidente democrático. E só não se encontra preso e inelegível, porque seus ‘brodinhos’ do STF (Supremo Tribunal Federal) mudam de opinião como quem muda a roupa íntima diariamente.

Estes dois esquemas de corrupção, entre enriquecimento pessoal e partidário, serviram também para comprar apoio, leia-se votos, de deputados e senadores no Congresso Nacional. Isso é democracia? Pois bem. Além disso, parte da grana roubada serviu de apoio e financiamento a ditadores e terroristas mundo afora. Isso é democracia?

Estes dias, o chefão petista voltou a afirmar que pretende controlar a imprensa. E aí, ‘picolé de chuchu’, isso é democracia? E afirmou que o MST, ou MTST, terão papel fundamental em seu possível novo governo. Pergunto ao Geraldo: invasão, saque e destruição de propriedade privada é democracia? Financiamento de depredação pública é democracia?

Recentemente, Lula, que jamais admitiu que Cuba e Venezuela são ditaduras, em relação às eleições na Nicarágua, disse que foram democráticas, mesmo sabendo que todos os adversários do proto ditador Daniel Ortega foram presos. Sem contar com a irmandade declarada a Muammar Al-Gaddafi e Mahmoud Ahmadinejad. Belo exemplo de democrata!

Uma coisa é Alckmin tentar chegar ao Planalto com o chapéu alheio. Outra, bem diferente, é transformar este chapéu em solidéu. Lula jamais representou a democracia, inclusive no próprio PT, que controla com mãos de ferro desde a fundação. Ao contrário. É um autocrata crasso que não admite oposição. Aliás, admite, sim. Desde que possa ser comprada, claro.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade