Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas TURISMO E NEGÓCIOS

Emoções: o turismo em época de Natal

Como destinos turísticos se preparam para o período de Natal e fazem a festa de turistas e comerciantes


24/11/2020 06:00 - atualizado 24/11/2020 07:23

(foto: Arquivo pessoal )
(foto: Arquivo pessoal )

O comércio e o marketing já descobriram há muito tempo que datas comemorativas impulsionam vendas através de campanhas que vão direto no emocional das pessoas. E isso não é novidade para quase nenhum consumidor. Afinal, é bom se deixar levar pela magia que alguns temas nos proporcionam, não há mal algum nisso. E é nesse ponto, que a data mais esperada do ano consegue atuar, direto na emoção e no imaginário de crianças, adultos e idosos: o Natal.

Senão todos, a grande maioria dos destinos turísticos se prepara com pelo menos uma decoração de Natal. Alguns conseguem se sobressair e entrar no clima de Natal com uma  estratégia eficiente e capaz de fazer brilhar até os olhos dos mais céticos.

É o caso, por exemplo, do Natal Luz de Gramado, no Rio Grande do Sul, que é o maior evento de Natal do país. Este ano, por causa da pandemia, alguns ajustes foram necessários para garantir a segurança de turistas e comunidade local, evitando riscos desnecessários, sem deixar de aproveitar a data. Serão 101 dias de evento, de 22 de outubro de 2020 a 30 de janeiro de 2021 e toda a programação será gratuita. Portanto não haverá espetáculos pagos, teatros musicais ou desfiles. Mas para quem já foi, sabe que só a programação gratuita impressiona, e muito!

Mas nem sempre foi assim, na verdade a ideia do Natal Luz de Gramado nasceu em 1986. Apesar da tradicional Festa das Hortênsias, a cidade recebia poucas pessoas durante o mês de dezembro, afinal era ainda apenas um destino de inverno. Havia a necessidade de movimentar o comércio e a economia local durante este período do ano. Foi então que a prefeitura local, decidiu utilizar o Natal para tematizar a cidade durante o mês de dezembro, mesmo sabendo dos riscos, pois a comunidade local é de origem ítalo-germânica e os costumes eram bem conservadores: passar o Natal com a família e na igreja.

Com uma dose ousadia, criatividade e envolvimento da comunidade o projeto do Natal Luz de Gramado previa o embelezamento da cidade com a temática do Natal. E assim foi! Luzes e enfeites natalinos por toda a cidade, sonorização temática nas vias públicas e em parceria com os comerciantes e um concerto de Natal, com coral, poesias e fogos de artifício. Ao longo desses 35 anos, o evento foi só se aprimorando e cada vez contando com mais apoio de empresários locais. E hoje, se transformou em um grande parque temático do Natal. 

Outros destinos no Brasil também se destacam, quanto o tema é Natal. É o caso de Blumenau, em Santa Catarina, com uma série de eventos que vão até o dia 30 dezembro. O Magia de Natal conta com desfiles temáticos, visita a Casa do Papai Noel e o Espaço da Neve, decorado com luzes, bonecos e neve de mentira.

Curitiba
também tem um Natal bem conhecido. A capital do Paraná entra no clima natalino com os prédios enfeitados, presépios, árvores e muitas luzes! Mas o coral de crianças nas janelas iluminadas do Palácio Avenida, tem a medida certa de emoção.

Campos do Jordão, no interior de São Paulo, destino clássico de inverno tal qual Gramado, também se destaca quando o assunto é natal, com decoração especial e claro, muitas luzes e apresentações culturais. 

Segundo pesquisa da CDL/BH, as vendas de Natal devem movimentar R$3,6 bilhões só em Belo Horizonte . Mas ainda falta em Minas Gerais uma programação mais robusta de Natal. Existem corais maravilhosos nas igrejas mais tradicionais de Belo Horizonte e por várias cidades do estado. Cada cidade, tem lá sua árvore de Natal e suas luzinhas. Mas é necessária uma amarração de tanta coisa que temos para mostrar por aqui! Maior envolvimento do comércio com o tema e projetos criativos, seria um ponto de partida. O Natal é uma festa cristã que toca na grande maioria das pessoas. E quem não quer sair de casa e sentir aquela energia de renovação e que há um mundo lindo possível, mesmo com todas as tragédias que temos vivido, não é?! E por mais que seja fantasia, é um bom combustível para recarregar as energias e voltar a ser criança, pelo menos por algumas horas.

Quer saber mais sobre turismo, além de apenas dicas de viagem? Me siga no Instagram @blogdaisabellaricci ou acesse blogdaisabellaricci.com.br

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade