Publicidade

Estado de Minas NOVOS ARES

Então é Natal! 200 mil lâmpadas prometem levar luz e esperança a turistas

Itapecerica, no Centro-Oeste mineiro, apostou alto para atrair turistas e compensar a baixa causada pela pandemia com cancelamento de festivais


19/11/2021 17:57 - atualizado 19/11/2021 18:18

Itapecerica faz teste de iluminação para o Natal
Testes de iluminação foram feitos ao longo desta semana (foto: Divulgação/Prefeitura de Itapecerica)
As ruas estreitas e as praças floridas de Itapecerica, no Centro-Oeste de Minas, darão espaço às luzes de Natal. A cidade que investe tradicionalmente na decoração natalina, este ano, apostou alto. 

Para atrair turistas e compensar a baixa causada pela pandemia da COVID-19, um projeto audacioso saiu do papel. O Natal Iluminado será lançado neste sábado (20/11) em uma proporção, até então, nunca vista na cidade.

Ruas foram cobertas por luzes. Por onde passavam carros, agora conta com pinheiros e bancos para moradores e turistas sentarem e curtirem o clima da época mais mágica do ano. As praças ganharam mais vida com detalhes que encantam. 

A estrutura que vai abranger as praças Alexandre Szundy, o Coreto, a Escola Municipal Severo Ribeiro e a Igreja Matriz, interligadas por vias decoradas, conta com 200 mil lâmpadas.


Abertura oficial


A programação de abertura começa às 19h de amanhã (20/11) com o Cortejo do Natal Iluminado “Sonhos de Natal”, que vai contar com a participação de diversas entidades. 

O cortejo vai sair em frente ao Centro Cultural, passar pela rua JK, praça Alexandre Szundy, Rua Vigário Antunes e finaliza em frente ao Banco do Brasil. 
 
Às 21h, será realizada a cerimônia para acender as luzes em frente à prefeitura. As atrações também marcam os 232 anos de emancipação político-administrativa do município.


Fomento econômico


A iniciativa carrega um propósito: esperança. E também alimenta um desejo: o de ser o Natal dos sonhos. “Ainda estamos passando por tempos obscuros, mas agora enxergamos uma luz no fim do túnel”, afirmou o prefeito Wirley Reis, conhecido como Têko.

A comemoração natalina vem como alento para a população após um período sombrio causado pela pandemia. Ao mesmo tempo, posicionar o município, de pouco mais de 23 mil habitantes, como polo cultural do Centro-Oeste de Minas. 

“O evento, da maneira como foi concebido este ano, nasceu como uma alternativa para que fossem continuadas as atividades culturais, diante da necessária readequação à realidade trazida pela pandemia, inclusive com o cancelamento dos tradicionais festivais de Inverno e de Gastronomia Rural”, explicou o prefeito.

É o espírito natalino andando lado a lado com o fomento da economia. “A vasta programação tem como propósito fundamental proporcionar o aumento da circulação de renda e fomentar o movimento dos setores de comércio e serviços locais”, declarou Têko.

O cenário encantamento promete levar a Itapecerica novas possibilidades econômicas e, principalmente, tempos de alegria, de paz e de renovação de sonhos. A programação segue até o dia 6 de janeiro com lançamentos de livro, apresentações musicais. As atrações serão divulgadas no site da prefeitura.

*Amanda Quintiliano especial para o EM


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade