Publicidade

Estado de Minas 'DOR DE CABEÇA'

Thiago ou Edu? Pezzolano explica como atacantes vão se encaixar no Cruzeiro

Técnico entende que atletas têm características peculiares para cada momento de jogo


27/01/2022 11:30 - atualizado 27/01/2022 11:33

Thiago e Edu atuando pelo Cruzeiro
Thiago e Edu contribuíram com gols na vitória do Cruzeiro sobre a URT (foto: Juarez Rodrigues/EM D.A Press)
O Cruzeiro iniciou 2022 com a “dor de cabeça” que todo treinador gosta. Os centroavantes Thiago e Edu marcaram na vitória por 3 a 0 sobre a URT, nessa quarta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. Caberá ao uruguaio Paulo Pezzolano decidir como cada atleta contribuirá à equipe.

“Muito contente, pois o centroavante quando faz gols pega mais confiança. Thiago fez um bom jogo, Edu quando entrou também. Gostaria que em todos os jogos os dois fizessem gols. Assim ficaríamos tranquilos e fazendo as coisas bem”, disse o técnico em entrevista coletiva depois da partida.

Pezzolano analisou as principais virtudes dos atletas. Na opinião dele, Edu consegue sobressair dentro da grande área, enquanto Thiago é versátil para se movimentar pelas pontas e pressionar a saída de bola. A escolha pelo titular considerará um aprofundado estudo sobre o adversário e o próprio ambiente de jogo.

“Vamos estar trocando e vendo quem se adapta melhor. Edu tem uma qualidade muito grande dentro da área. Thiago tem vantagem no físico, está constantemente fazendo diagonal, pressionando, é intenso para jogar. Cada um tem coisas boas, haverá jogos para um e para outro. Mas creio que se os dois estiverem bem preparados darão 100% para o Cruzeiro”.

Thiago e Edu balançaram a rede em lances parecidos: o primeiro recebeu assistência de Rafael Santos aos 42 minutos da primeira etapa, e o segundo foi acionado por João Paulo aos 26 do segundo tempo. Ambos os gols surgiram de passes do lado esquerdo e antecipação dos atacantes à marcação da URT.

Aos 20 anos, Thiago chegou ao oitavo gol em 58 partidas pelo Cruzeiro. Apesar da média baixa, o jovem vem evoluindo constantemente desde a promoção ao elenco principal, no início de 2020, e é considerado um ativo importante do clube, que recebeu ofertas superiores a US$ 2 milhões (mais de R$ 10 milhões) por seus direitos econômicos.

Já Edu, de 28 anos, destacou-se em 2021 ao terminar a Série B como artilheiro, com 17 gols em 33 jogos pelo Brusque. Na carreira, o centroavante alcançou 109 gols em 201 partidas - também atuou em São Gonçalo-RJ, Boavista-RJ, Portuguesa-RJ, Itaboraí-RJ, Atlético Tubarão-SC e Nova Iguaçu-RJ.

Pezzolano terá alguns dias para decidir se manterá Thiago ou colocará Edu na equipe que pegará o Athletic, às 11h de domingo, no estádio Joaquim Portugal, em São João del-Rei, pela segunda rodada do Mineiro. O Cruzeiro lutará pela vitória fora de casa para manter os 100% de aproveitamento e quem sabe seguir na liderança do estadual.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade