Publicidade

Estado de Minas ATLÉTIOC

Atlético vai ao Paraguai por liderança antecipada e vantagem no mata-mata

Time enfrenta o Cerro Porteño-PAR nesta quarta-feira e, se vencer, garantirá primeira posição do Grupo H da Copa Libertadores


18/05/2021 07:07 - atualizado 18/05/2021 07:11

Embarque dos jogadores do Atlético para o Paraguai na noite de segunda-feira(foto: Twitter/Atlético)
Embarque dos jogadores do Atlético para o Paraguai na noite de segunda-feira (foto: Twitter/Atlético)
O Atlético tem uma jornada decisiva no Paraguai nesta quarta-feira, contra o Cerro Porteño-PAR. Em jogo estão a liderança antecipada do Grupo H da Copa Libertadores e vantagens no mata-mata da competição.

Já classificado às oitavas de final, o Galo ocupa a primeira posição da chave, com dez pontos - três a mais que o vice-líder Cerro Porteño-PAR. Se vencer a partida (válida pela quinta rodada), o time alvinegro garante a ponta com um jogo de antecedência.

Ser líder dá, logo de cara, duas vantagens ao Atlético para a sequência da competição. A primeira delas é no sorteio das oitavas de final. Se terminar o Grupo H na primeira posição, o Galo terá pela frente um segundo colocado como adversário na fase seguinte.

Neste momento, por exemplo, o Atlético "fugiria" de confrontos com equipes campeãs da Libertadores, como Palmeiras, Internacional, São Paulo, Argentinos Juniors e Flamengo.

Essa vantagem, porém, é teórica. Afinal, outros campeões continentais estão em segundo lugar de suas chaves, a exemplo de Racing, River Plate, Santos e Vélez. 

A outra vantagem conquistada se o Atlético terminar em primeiro é fazer o segundo jogo das oitavas de final em casa. Esse 'benefício' pode ser mantido nas etapas seguintes do torneio até uma eventual semifinal, caso o Galo enfrente adversários que tiveram campanhas piores nos grupos.

Atualmente, o Atlético tem a segunda melhor campanha entre os 32 participantes. Apenas o Palmeiras somou mais pontos: 12, com 100% de aproveitamento em quatro partidas.

Essa foi uma vantagem aproveitada, por exemplo, pelo próprio Atlético, em 2013, quando a final ainda era disputada em duelos de ida e volta. Naquela ocasião, o Galo foi campeão após atuações marcantes em casa no mata-mata, contra Tijuana, Newell's Old Boys e Olimpia.

Atlético e Cerro Porteño-PAR se enfrentam nesta quarta-feira, a partir das 21h. O jogo está marcado para 'La Nueva Olla Azulgrana', em Assunção, no Paraguai.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade