UAI
Publicidade

Estado de Minas URNAS ELETRÔNICAS

Pacheco critica ataque às urnas: 'Questionamentos ruins sob todos aspectos'

Sem citar nominalmente Bolsonaro, presidente do Senado afirma que a população pode ter certeza de que a 'vontade do povo' será respeitada


18/07/2022 19:26 - atualizado 18/07/2022 19:54

Rodrigo Pacheco (PSD)
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD) critica falas que colocam em dúvida a confiabilidade das urnas eletrônicas (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Momentos após o presidente Jair Bolsonaro (PL) se reunir com embaixadores estrangeiros para criticar o sistema eleitoral brasileiro, nesta segunda-feira (18/7), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), usou as redes sociais para criticar o líder do Executivo, sem, porém, citá-lo nominalmente.

"A segurança das urnas eletrônicas e a lisura do processo eleitoral não podem mais ser colocadas em dúvidas", afirmou Pacheco, em seu Twitter, se contrapondo ao discurso que o Bolsonaro vem propagando desde que foi eleito em 2018.

Após meses anunciando que tinha provas de fraudes das urnas e que as "apresentaria em momento oportuno", o presidente disse que alguns vídeos que supostamente foram gravados por seus apoiadores mostrariam supostas fraudes, afirmação que foi desmentida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em uma transmissão feita em 2021, Bolsonaro afirmou não ter como comprovar que as eleições foram fraudadas.

A insistência do presidente em colocar sob suspeita a segurança das urnas eletrônicas também foi criticada pelo presidente do Senado que afirmou não haver "justa causa e razão para" essas suspeitas e que os "questionamentos são ruins para o Brasil sob todos os aspectos".

E mandou um recado à população brasileira de que as urnas são confiáveis e que a "vontade do povo" será respeitada, independentemente do resultado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade