UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Lula almoça com grupo de bilionários em São Paulo

O pré-candidato à presidência se reuniu com executivos nesta terça-feira (5/7) na sede da Federação das Indústrias, em São Paulo


05/07/2022 22:26 - atualizado 05/07/2022 22:29

Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
Lula se reuniu com empresários nesta terça-feira (5/7) na sede da Federação das Indústrias (foto: Douglas Magno / AFP)
O pré-candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) almoçou, nesta terça-feira (5/7), com executivos na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
 
O encontro foi realizado das 12h30 às 15h30 e o petista pôde debater assuntos como a economia, educação, agronegócio, meio ambiente e comércio exterior.

 
Ele foi acompanhado do vice na chapa ao pleito, Geraldo Alckmin, do pré-candidato ao governo de São Paulo, Fernando Haddad e do economista Aloizio Mercadante.

Os executivos presentes no encontro foram: Carlos Alberto Sicupira (3G Capital), João Moreira Salles (Itaú), Luiz Carlos Trabuco Cappi (Bradesco), Luiza Trajano (Magazine Luiza).
 
E ainda: Fábio Coelho (Google), Roberto Azevêdo (Pepsico e ex-diretor-geral da OMC), Dan Ioschpe (Iochpe-Maxion e presidente do conselho do IEDI), Jacyr Costa Filho (presidente do Conselho Superior do Agronegócio da Fiesp) e Rafael Cervone, presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

Todos eles foram convidados pelo presidente da Fiesp, Josué Gomes da Silva.
 
Ele assumiu o comando em janeiro e, desde então, tem sido aguardado um posicionamento mais próximo de Lula, já que ele é filho de José Alencar, que foi vice-presidente nos dois mandatos do petista, entre 2003 e 2010. 

Vale ressaltar que a Fiesp representa 130 sindicatos patronais da indústria.
 
Lembrando que, sob o comando de Paulo Skaf, apoiou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em 2016.
 
Na época, a Federação foi responsável pelo pato amarelo inflável, símbolo das manifestações antipetistas, com a frase: “Chega de pagar o pato”.

Este foi um encontro à parte das reuniões que a entidade fará com os candidatos à presidência.
 
A reunião oficial com Lula está marcada para 9 de agosto.
 
Antes dele, já estão marcados também Ciro Gomes (PDT), em 21 de julho, e Simone Tebet (MDB), em 1° de agosto.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade