UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Juliette: MBL acusa cantora de campanha adiantada para Lula e vai à Justiça

Motivo da acusação foi uma apresentação no festival da 'Festa Junina de Caruaru'. Em um momento do show, o público gritou palavras favoráveis ao petista


05/07/2022 17:27 - atualizado 05/07/2022 18:28

Juliette posa para fotos
Juliette está sendo acusada de fazer campanha eleitoral pró-Lula (foto: Divulgação/)
Pré-candidatos a deputado federal por São Paulo, Rubino Nunes e Guto Zacarias (UB), membros do Movimento Brasil Livre (MBL), acusam a ex-Big Brother Brasil (BBB) Juliette Freire de fazer campanha eleitoral adiantada para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Ambos entraram com uma representação na Justiça Eleitoral contra a cantora. Para as eleições de 2022, as propagandas eleitorais e os pedidos explícitos de votos só serão permitidos após 16 de agosto.

O motivo foi uma apresentação de Juliette no festival da “Festa Junina de Caruaru”, no último sábado (2/7). Em um momento do show, o público gritou palavras de ordem favoráveis ao petista. A cantora incentivou.


Os showmícios são ilegais desde que  o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve o entendimento, que vigora desde 2006.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade