UAI
Publicidade

Estado de Minas VIRALIZOU

Vice-governadora de SC diz que Bolsonaro não mandou ela ir 'para trás'

Um vídeo em que Bolsonaro (PL) pede para que apoiadores, entre eles a vice-governadora, fiquem "para trás" viralizou nas redes sociais


26/06/2022 22:03 - atualizado 26/06/2022 22:41

Print do momento em que Bolsonaro pede para vice-governadora se afastar
Daniela é pré-candidata a deputada federal (foto: Redes Sociais/Reprodução)
A vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr (PL), disse que não recebeu ordem do presidente Jair Bolsonaro para se afastar dele durante evento realizado em Balneário Camboriú, no sábado (25/6), onde também esteve o empresário Luciano Hang.
 
Um vídeo em que Bolsonaro (PL) pede para que apoiadores, entre eles a vice-governadora, fiquem “para trás” viralizou nas redes sociais.
 
Para desmentir, Daniela Reinehr publicou uma série de fotos ao lado do presidente.

"Se você se refere à ocasião em que o pré-candidato ao senado Jorge Seif (PL) se aproxima do presidente Jair Bolsonaro (PL) e foi alertado que não era o momento de fazê-lo, pelo próprio presidente, prefiro deixar este outro ângulo gravado na mesma situação ", disse Daniela Reinehr em nota divulgada por sua assesoria de imprensa.

Confira o vídeo enviado:
 
 
Ao Estado de Minas, a vice disse que os vídeos "demonstram de forma muito clara o que aconteceu".

“Estava ali participando da marcha como apoiadora do movimento de transformação do Brasil e de Santa Catarina”, destacou.

Daniela é pré-candidata a deputada federal. Além dela, o senador Jorginho Mello, que é pré-candidato ao Governo de Santa Catarina, também participou do evento.

"Vai para trás"

 
"Vai prá trás, meu Deus do céu". Foram com essas palavras e um empurrão que o presidente Jair Bolsonaro (PL) afastou a vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Cristina Reinehr, que também é do seu partido.

O vídeo que flagrou o momento foi feito por um participante, durante um ato aberto realizado em Balneário Camboriú, no sábado (25/6).
 
Ao se aproximar de apoiadores, de mãos dadas com Hang, Bolsonaro se vira para Reinehr, que estava ao seu lado, e dá a ordem.
 
Em discursou durante o evento, e sem citar o escândalo do Ministério da Educação, que investiga suspeita de tráfico de influência e corrupção na pasta, e que levou a um pedido de investigação contra o presidente, Bolsonaro defendeu o armamento da população e diz ter "um Exército que se aproxima dos 200 milhões".

O vídeo repercutiu nas redes sociais. No Twitter comentários falavam "do esvaziamento do ato político" mostrando fotos da praia com público "aquém" do esperado pela organização.

 

Uma internauta publicou "e a vice governadora de Santa Catarina levando um 'FICA PARA TRÁS' do Bolsonaro hoje em Balneário Camboriú? KKKKKKKKKK É assim que o Bonoro trata mulher, por mais bolsonarista e filha de nazi como essa aí é. Detalhe: uma das únicas mulheres palanque."


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade