UAI
Publicidade

Estado de Minas ALFINETOU

Kalil sobre Zema e Bolsonaro: 'Amigo não se larga pelo caminho'

Pré-candidato do PSD em Minas voltou a criticar a relação entre o governador e o presidente da República


23/05/2022 11:43 - atualizado 23/05/2022 17:11

O ex-prefeito de BH, Alexandre Kalil
Alexandre Kalil, pré-candidato do PSD ao governo mineiro (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Alexandre Kalil, pré-candidato ao governo mineiro do PSD, disse nesta segunda-feira (23/5) que Romeu Zema (Novo) tenta "largar" o presidente Jair Bolsonaro (PL). "O que o governador está fazendo é muito feio", afirmou, durante participação no "EM Entrevista", podcast do Estado de Minas e do Portal Uai.

"O que faz aliança na política é coerência e respeito. O que não vou fazer é abraçar um presidente da República por quatro anos e, quando ele cai na pesquisa em Minas, tentar chutar a bunda dele. Isso é muito feio. Meu pai me ensinou. Amigo não se larga pelo caminho", falou.

 


"O que faz aliança na política é coerência e respeito. O que não vou fazer é abraçar um presidente da República por quatro anos e, quando ele cai na pesquisa em Minas, tentar chutar a bunda dele. Isso é muito feio. Meu pai me ensinou. Amigo não se larga pelo caminho", falou.

Leia mais no uai.com.br/ em.com.br

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

Siga o Portal UAI nas redes sociais:
Instagram - @estadodeminas
Twitter - @portalUai / @em_com" />
 


Na semana passada, Kalil firmou aliança com Luiz Inácio Lula da Silva, do PT - partido que deve escolher um vice em sua chapa. Zema, por sua vez, tem afirmado publicamente que quer seguir com Luiz Felipe d'Avila, pré-candidato do Novo ao Palácio do Planalto.

Em que pese a preferência pública de Zema por d'Avila e o fato de o PL de Bolsonaro ter Carlos Viana como pré-candidato ao Palácio Tiradentes, o presidente tem enviado afagos ao governador. No fim do mês passado, por exemplo, chegou a classificá-lo como "exemplo".

"Nunca fui eleito por favor de Bolsonaro, como houve o 'BolsoZema'. Lula nunca me abraçou para me eleger a nada. Ele não me deve nada. Nunca o apoiei; ele nunca me apoiou. Estamos fazendo uma nova aliança. Não sou clone do Lula", alfinetou Kalil.

"Tenho uma vida de cuidar das pessoas, que coincide com o presidente Lula. Tenho muita divergência com os políticos deste país. Penso como eu penso", emendou.

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade