UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Kalil: 'Meu voto é de Lula. Ele é o melhor candidato a presidente'

Candidato a governador, ex-prefeito de BH declarou voto em Lula e falou sobre o impasse em uma possível aliança do PT com PSD, durante visita a Juiz de Fora


13/05/2022 15:06 - atualizado 14/05/2022 00:03

Kalil visita Juiz de Fora, nesta sexta-feira (13/05), ao lado do presidente da Câmara Municipal, vereador Juraci Scheffer
Kalil visita Juiz de Fora, nesta sexta-feira (13/05), ao lado do presidente da Câmara Municipal, vereador Juraci Scheffer (foto: Bruno Luis Barros/Esp. EM)
O ex-prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato ao governo de Minas Gerais Alexandre Kalil (PSD) disse, nesta sexta-feira (13/05), durante visita a Juiz de Fora, Zona da Mata mineira, que vai votar no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O PSD e o PT vivem um impasse na definição de um palanque único no estado. 

Kalil afirma que ele e Lula “pensam mais ou menos da mesma forma”. “O PSD é um grande partido e o PT é um grande partido. Estamos com problemas, mas, com conversa, iremos acertar”, contou.

Neste momento, o desafio do ex-presidente Lula é garantir o espaço na chapa com o ex-prefeito Kalil, mas isso coloca em impasse a pré-candidatura do deputado federal Reginaldo Lopes (PT) ao Senado.  A resistência do PSD envolve a reeleição de Alexandre Silveira (PSD) ao Senado. Silveira é o nome preferido de Kalil para integrar a chapa Senado/Governo na campanha.

“Eu já disse antes. Independentemente de aliança, do que eu pense ou não pense. Se for feita ou não for feita a aliança. Eu tenho um jeito de pensar, o que é o governo e o que é governar. E eu não posso aqui dizer, porque não vai dar certo ou vai dar certo… eu mentir e dizer aqui que ele não é bom candidato. Ele é o melhor candidato à Presidência da República”, disse, em referência a Lula.

“Infelizmente, se não der, não deu. Mas meu voto é do presidente Lula”, disse.


Questionado pelo Estado de Minas sobre o impasse entre os partidos, Kalil confirmou que a “briga” vem sendo o “grande entrave" para a aliança com Lula.

“É legítimo o PT querer o candidato? Absolutamente. É legítimo o PSD querer manter a cadeira que sempre foi dele? É legítimo”, disse. “Estamos com um problema onde tudo é legítimo… temos um impasse onde temos que conversar”, afirmou.

Sobre a relação com Lula, Kalil disse que “a melhor coisa” que ele fez durante os últimos cinco anos foi a aproximação com Lula.

“Presidente Lula tem um bom papo. Eu estou falando como Alexandre Kalil, não como político. É um cara absolutamente agradável. Gentil, cortês”, afirmou. “Mesmo se der tudo errado… se teve uma coisa legal foi sentar com Lula”, concluiu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade