UAI
Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Bolsonaro: 'Ninguém no mundo fez o que fizemos na pandemia'

Em evento com pescadores, presidente valorizou ações do governo no âmbito econômico


12/01/2022 21:59 - atualizado 12/01/2022 21:59

Bolsonaro no Palácio
Bolsonaro valorizou feitos do governo (foto: Evaristo Sá/AFP)
Durante um evento realizado em Brasília, que marcou o lançamento de linhas de crédito para pescadores, o presidente Jair Bolsonaro (PL) mais uma vez desconsiderou o alto número de mortes e casos de COVID-19 no Brasil desde o início da pandemia e teceu elogios às ações do governo no período. 
 

“Ninguém quase conseguiu no mundo todo fazer o que nós fizemos. Evitamos um caos no Brasil”, afirmou o presidente. 

“E se existisse um caos no Brasil de âmbito nacional, outros países poderiam meter o pé aqui dentro, como vêm metendo o pé em outros países da América do Sul”, acrescentou Bolsonaro.

Bolsonaro citou a criação do Auxílio Emergencial “para evitar saques dos brasileiros aos supermercados”, além de valorizar outros programas, como o Pronampe, que beneficiou empresários durante o período de fechamento da economia. 

Ômicron bem-vinda

 
"A Ômicron, que já espalhou pelo mundo todo, como as próprias pessoas que entendem de verdade dizem, ela tem uma capacidade de se difundir muito grande, mas de letalidade muito pequena", afirmou o chefe do Executivo, em entrevista ao site "Gazeta Brasil", que o apoia. "Dizem até que seria um vírus vacinal. Algumas pessoas estudiosas e sérias e não vinculadas a farmacêuticas, dizem que a Ômicron é bem-vinda e pode, sim, sinalizar o fim da pandemia", acrescentou.
 
A constatação não foi bem recebida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que repudiou a declaração por meio do diretor-geral Mike Ryan. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade