UAI
Publicidade

Estado de Minas IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Sergio Moro critica lei de improbidade sancionada por Bolsonaro

Segundo o ex-ministro da Justiça, a lei afrouxa as possibilidades de punição de políticos


27/10/2021 08:39 - atualizado 27/10/2021 09:29



O ex-ministro da Justiça Sergio Moro se manifestou no Twitter, na manhã desta quarta-feira (27/10), com críticas ao  projeto de lei  que afrouxa a Lei de Improbidade Administrativa. 


"Hoje foi publicada a lei que, na prática, acaba com as punições de políticos por improbidade administrativa. As mudanças relatadas por deputado do PT retiram de cena mais um instrumento contra à corrupção. O Presidente da República poderia ter vetado, mas preferiu o retrocesso.", comunicou Sergio Moro.
Sérgio Moro com bandeira do Brasil no fundo
Na manhã desta quarta-feira (27/10), Sérgio Moro expressou críticas ao presidente Jair Bolsonaro (foto: Nelson Almeida/AFP)


O projeto de lei sancionado por Bolsonaro (sem partido), foi publicado nesta terça-feira (26/10) no Diário Oficial da União (DOU).

*Estagiário sob supervisão do editor Benny Cohen


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade