UAI
Publicidade

Estado de Minas CPI DA COVID

CPI da COVID: acompanhe, ao vivo, o depoimento do diretor-presidente da ANS

CPI instalada pelo Senado caminha para a reta final dos trabalhos; hoje será a vez de ouvir Vanderlei Rabello, diretor da Agência Nacional de Saúde


06/10/2021 11:27 - atualizado 06/10/2021 11:38

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID, instalada pelo Senado, colhe, nesta quarta-feira (6/10), o depoimento de Paulo Roberto Vanderlei Rebello Filho, diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Paulo Rebello depõe após requerimento de convocação do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI.

Os senadores buscam detalhes das ações e medidas da ANS sobre algumas atitudes do plano de saúde Prevent Senior durante a pandemia de COVID-19. A empresa é suspeita de indicar o "kit COVID", com medicamentos comprovadamente ineficazes contra o coronavírus, a seus pacientes, entre outras más práticas, como pesquisas com essas substâncias.

A CPI da COVID apura omissões do governo federal durante a pandemia e o repasse de verbas federais aos estados. A comissão foi instalada em abril deste ano e será finalizada em até duas semanas.
 
Paulo Roberto Vanderlei Rebello Filho ao chegar no Senado para depor à CPI
Paulo Roberto Vanderlei Rebello Filho ao chegar no Senado para depor à CPI (foto: Pedro França/Senado)
 

O que é uma CPI?

As comissões parlamentares de inquérito (CPIs) são instrumentos usados por integrantes do Poder Legislativo (vereadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores) para investigar fato determinado de grande relevância ligado à vida econômica, social ou legal do país, de um estado ou de um município. Embora tenham poderes de Justiça e uma série de prerrogativas, comitês do tipo não podem estabelecer condenações a pessoas.

Leia também:  Entenda como funciona uma CPI


O que a CPI da COVID investiga?

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade