UAI
Publicidade

Estado de Minas FAMÍLIA BOLSONARO

'Ta de sacanagem 04?', diz Flávio após Renan dizer que namoraria petista

Renan Bolsonaro afirmou que não só não teria problema em se relacionar com alguém de partidos diferentes, como também contou que já namorou uma eleitora do PT


13/08/2021 18:06 - atualizado 13/08/2021 18:42

Os irmãos Flávio Bolsonaro e Renan Bolsonaro(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Os irmãos Flávio Bolsonaro e Renan Bolsonaro (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Após Renan Bolsonaro, filho ‘04’ do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), afirmar que namoraria uma menina petista, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) criticou o irmão mais novo. “Ta de sacanagem 04?”, perguntou.
 

No Instagram, Renan afirmou que não só não teria problema em se relacionar com alguém de partidos diferentes, como também contou que já namorou uma eleitora do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Independentemente de partido político ou ideologia, se a mulher estiver comigo para crescer, para somar e para ser minha companheira, nada mais importa. O importante disso tudo é o amor. A verdade é que o amor sempre prevalece. Essa é minha opinião. Existindo o respeito entre nós dois para tudo não tem problema algum”, afirmou.
 
A resposta não agradou muito ao irmão mais velho, que comentou no post repreendendo Renan. “Tá de sacanagem 04”, questionou Flávio Bolsonaro. "Relaxa aí 01", respondeu Renan.
 
Além do irmão, o primo de Renan, Léo Índio, falou para ele “voltar para a Terra” e perguntou se ele havia virado "024", em ataque homofóbico.

Holofotes

 
Renan, que estava à sombra dos irmãos, ganhou os holofotes depois de ser citado pelo presidente em uma coletiva de imprensa em 24 de abril do ano passado, depois que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro pediu demissão do cargo.
 
Bolsonaro convocou uma coletiva para se defender das acusações feitas pelo ex-juíz. Durante discurso, ao falar sobre as investigações da morte de Marielle Franco, comentou uma suposta relação de Jair Renan com a filha do policial aposentado Ronnie Lessa, que morava no mesmo condomínio que a família Bolsonaro e é apontado como autor dos disparos que mataram a vereadora.
 
De acordo com Bolsonaro, quando descobriu que a história estava sendo contada na mídia, ele teria dito a Sérgio Moro para “levantar o caso do meu filho”.
 
O presidente chegou a brincar com a situação, afirmando que Renan disse não se lembrar da jovem porque "namorou metade do condominio".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade