Publicidade

Estado de Minas NOVO PROTAGONISTA

TikTok e política: como Renan Bolsonaro, o '04', virou fenômeno nas redes

Influenciador digital, Renan, um dos filhos do presidente, vem acumulando seguidores e seus posts chegam a ter mais de 1 milhão de visualizações


07/06/2021 18:56 - atualizado 07/06/2021 22:04

Renan Bolsonaro é o novo 'protagonista' da família Bolsonaro(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Renan Bolsonaro é o novo 'protagonista' da família Bolsonaro (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Em meio às polêmicas que rodeiam a família Bolsonaro, um novo personagem vem chamando a atenção dos jovens brasileiros: Jair Renan Bolsonaro, o filho 04 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ele vem ocupando espaço na mídia e tendo, nos bastidores, papel na política nacional.

O jovem, de 23 anos, viraliza nas redes sociais pelo aplicativo de vídeos curtos TikTok e já traça os primeiros passos para a entrada na política. 

Pela plataforma de vídeos, Renan atrai parte da população mais jovem do país. O filho mais novo de Bolsonaro participa das famosas “trends”, dança, brinca e faz até vídeos de moda. Em um deles, o próprio presidente aparece e interage com os seguidores do filho.



No TikTok, o membro mais novo do “clã” bolsonarista tem mais de 78 mil seguidores. Seus vídeos chegam a ter mais de 1 milhão de visualizações.

Além das brincadeiras, Renan compartilha ideias da vertente conservadora da política. Em um vídeo na rede social, ele aparece segurando armas de fogo e  dançando músicas militares.


No Instagram, o filho “04” acumula mais de 300 mil seguidores e compartilha vídeos nos quais até os “fãs” que se dizem de esquerda elogiam o filho do presidente.

Na brincadeira, que viralizou depois dos vídeos no TikTok, meninas postam a seguinte frase: “99% de mim odeia o pai dele, mas aquele 1% é apaixonado pelo Renan Bolsonaro”.

Renan costuma responder seus seguidores pela “caixa de perguntas”. Na noite de domingo (6/6), ele voltou a viralizar após se comparar ao rapper Filipe Ret, que não gostou muito da comparação. “Me erra”, escreveu o músico.


De olho na política


Jair Renan tem se preparado para entrar na política, seguindo os passos do pai, assim como o dos irmãos: o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), chamado pelo pai de 01; o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), o 02; e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o 03.

O jovem, além ter assumido um cargo de comissão no partido Aliança pelo Brasil, tem acompanhado o pai em alguns eventos com autoridades.
 
Família Bolsonaro(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Família Bolsonaro (foto: Redes Sociais/Reprodução)
 
Na organização política, Jair Renan  assumiu vaga na comissão provisória de trabalho. O caçula era o único dos filhos do presidente com idade para assumir cargos indicados ou eletivos que mantinha distância da política.

Polêmicas 

Renan, que estava à sombra dos irmãos, ganhou os holofotes depois de ser citado pelo presidente em uma coletiva de imprensa em 24 de abril do ano passado, depois que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro pediu demissão do cargo.

Bolsonaro convocou uma coletiva para se defender das acusações feitas pelo ex-juíz. Durante discurso, ao falar sobre as investigações da morte da vereadora Marielle Franco, comentou uma suposta relação de Jair Renan com a filha do policial aposentado Ronnie Lessa, que morava no mesmo condomínio que a família Bolsonaro e é apontado como autor dos disparos que mataram Marielle.

De acordo com Bolsonaro, quando descobriu que a história estava sendo contada na mídia, ele teria dito a Sérgio Moro para “levantar o caso do meu filho”.

O presidente chegou a brincar com a situação, afirmando que Renan disse não se lembrar da jovem porque "namorou metade do condominio".

No mesmo dia, o filho 04 tuitou: “Depois do condomínio, eu quero Brasília toda”. 

Pouco tempo depois, um vídeo em que Renan aparece dizendo que a COVID-19 é uma “gripezinha”, que ele já “pegou e passou” e que preferia “morrer transando do que tossindo” virou manchete em todos os jornais.

O filho 04 do presidente chegou a ser expulso do Twitch, plataforma em que fazia as transmissões das gameplays.

Na época, ele classificou a expulsão do Twitch como uma forma indireta de ataque ao pai: “Muitos perfis utilizaram a brincadeira fora de contexto diante de toda essa briga política. Fui prejudicado. A ânsia de atacar alguém que afete o presidente da República é maior do que apurar uma simples piada e respeitar a liberdade de expressão”.

Anteriormente, outro vídeo de Jair Renan já tinha sido exposto nas redes sociais. Ele fazia piadas com homossexuais e deficientes físicos enquanto jogava o videogame. "Bolt tem um gosto peculiar e tem um toque para homossexual", disse o 04 pouco antes de pedir que um colega falasse como foi sair com uma "perneta".

Em outro momento, ele chama os adversários de "petistas"."Qual é, seu vagabundo? Vem aqui, petista. Esse rabo de cavalo é para eu te puxar? Viado", afirmou.


O novo protagonista


Renan tem uma história política a seguir na família. O irmão Carlos Bolsonaro, por exemplo, foi eleito vereador do Rio de Janeiro quando tinha apenas 17 anos.

Envolvida em polêmicas, a família é alvo de seis frentes de investigação desde a eleição de 2018. Acusações de prática de rachadinha (quando funcionários do gabinete devolvem parte dos salários para os políticos), disseminação de “fake news”, uso de funcionários fantasmas, quebra de decoro parlamentar, ligação com os suspeitos do assassinato de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes e o mais famoso dos casos, envolvendo Fabrício Queiroz, amigo do presidente e ex-assessor de Flávio Bolsonaro.

Bolsonaro e seus filhos negam todas as acusações. Dizem que as investigações são baseadas em fake news e perseguições políticas orquestradas por adversários.

Não é a primeira vez que Renan entra no foco do país. Em meio às polêmicas envolvendo o pai quando ainda era deputado federal, o filho 04 esteve presente em algumas delas. A mais famosa, envolvendo seu irmão Eduardo.

Em 2017, uma troca de mensagens entre Jair e Eduardo se tornou pública. Nervoso após descobrir que o filho tinha faltado a uma votação eleitoral importante, Jair escreveu via WhatsApp: "Papel de filho da puta que você está fazendo comigo. Tens moral para falar do Renan? Irresponsável." 

Eduardo respondeu: "Quer me dar esporro? Tudo bem. O vacilo foi meu. Achei que a eleição só fosse semana que vem. Mas me comparar com o merda do seu filho, calma lá".

Enquanto Flávio, Carlos e Eduardo são filhos de Jair Bolsonaro com Rogéria Nantes, primeira mulher do presidente, Renan é fruto do segundo casamento do pai, com Ana Cristina Valle. Eles foram casados por 11 anos.



Agora, Bolsonaro tem como par em Brasília a primeira-dama Michelle Bolsonaro. Os dois têm uma filha de 8 anos, Laura, que também já foi alvo de notícias. Certa vez, o presidente brincou com o fato de ter uma filha mulher. De acordo com ele, teria sido uma ‘fraquejada’.  



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade