Publicidade

Estado de Minas PARLAMENTO NACIONAL

Anastasia tem a ponta em disputa por vaga no Senado Federal, diz pesquisa

Mineiros vão eleger um senador em 2022; Carlos Viana e Rodrigo Pacheco têm mais seis anos de mandato


23/02/2021 09:20 - atualizado 23/02/2021 09:27

Desde 2015 em Brasília, Anastasia pode concorrer a novo mandato de senador(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Desde 2015 em Brasília, Anastasia pode concorrer a novo mandato de senador (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Antonio Anastasia (PSD) lidera a disputa por uma das vagas de Minas Gerais no Senado Federal. Parlamentar desde 2015, ele soma 27,1% das intenções de voto. O levantamento foi feito pelo Instituto Paraná Pesquisas. No próximo ano, os eleitores de cada estado vão definir o dono de uma das três cadeiras de cada unidade da federação.

O segundo colocado é o deputado federal André Janones (Avante), com 10,9%. Também parlamentares federais, Reginaldo Lopes (PT) e Áurea Carolina (Psol) têm 6,5% e 5,5%, respectivamente.

Em quinto lugar, está Agostinho Patrus (PV), presidente da Assembleia Legislativa. Ele soma 4,8%.

Vereadora mais votada da história de Belo Horizonte, Duda Salabert (PDT) aparece na sequência, com 3,8%. Em 2018, quando ainda era filiada ao Psol, ela representou o partido na disputa pelo Senado.

Paulo Abi-Ackel, deputado federal pelo PSDB, tem 2,9%. Ex-vereador da capital mineira e atualmente na secretaria-geral do governo de Romeu Zema, Mateus Simões (Novo) recebeu 2,8% das intenções.

O grupo que manifestou a intenção de votar em branco ou nulo – ou optou por não escolher os candidatos citados – é composto por 23,8% dos entrevistados. Há, ainda, 11,9% que não opinaram.

Entenda


O mandato de senador dura oito anos. Atualmente, além de Anastasia, Carlos Viana (PSD) e Rodrigo Pacheco (DEM) representam o eleitorado mineiro na Câmara Alta do Congresso Nacional.

O tempo de mandato no Senado faz com que o número de vagas em jogo mude a cada quatro anos. Em 2018, quando Pacheco e Viana venceram, dois postos estavam em disputa. Em 2022, haverá apenas uma vaga.

A pesquisa


Para dar forma ao levantamento, o Paraná Pesquisas entrevistou 1.638 eleitores.

As conversas, mantidas por telefone, ocorreram entre os dias 18 e 22 deste mês.

O nível de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2,5%.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade