Publicidade

Estado de Minas CORRIDA ELEITORAL

Eleições 2020: Kalil acena com medidas de apoio a bares, restaurantes e hotéis

Prefeito se reuniu com lideranças do setor e apresentou propostas para um próximo mandato, caso seja reeleito


23/10/2020 16:17 - atualizado 23/10/2020 16:38

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, candidato a reeleição pelo PSD(foto: Leandro Couri/EM)
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, candidato a reeleição pelo PSD (foto: Leandro Couri/EM)
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), candidato à reeleição, almoçou nesta sexta-feira (23) com representantes de bares, restaurantes e hotéis para ouvir as demandas do setor. Na reunião, Kalil, que estava acompanhado do candidato a vice, Fuad Noman, prometeu dar suporte ao setor na etapa de retomada das atividades.

 

Estiveram presentes diretores do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Belo Horizonte e Região Metropolitana (Sindibares), da Associação Mineira de Bares, Restaurantes, Hotéis e Lanchonetes (Amibar) da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais (ABIH) e da Associação de Agências de Viagens de Minas Gerais (Abav).

 

Entre as principais propostas apresentadas por Kalil para um próximo mandato, está a adaptação dos espaços públicos, com revisão da legislação municipal, de forma a ampliar as possibilidades de uso pelos estabelecimentos, contemplando demanda da categoria. A simplificação do licenciamento e a autorização para publicidade como forma de reduzir os custos de operação dos estabelecimentos também fé compromisso pelo prefeito.

 

“Isso aqui é gerar emprego. Assentar com o setor que precisa de apoio, que sofreu muito, e que nós precisamos acolher. Já fizemos muita coisa para eles e agora vamos ouvir o que podemos fazer. Sou prefeito até 31 de dezembro. E vamos ajudar esse povo até 31 de dezembro, se até lá for o meu mandato”, garantiu o chefe do executivo.

 

Desde o início das medidas de isolamento social em razão da pandemia de COVID-19, a prefeitura de Belo Horizonte (PBH) protelou o pagamento do IPTU para os setores do comércio e serviços que precisaram fechar as portas. Além disso, permitiu a ocupação de calçadas e ruas com mesas, para que bares e restaurantes pudessem retomar as atividades com mais segurança.

 

No início do mês o prefeito também se encontrou com categorias representativas do comércio da capital. Na ocasião, Kalil afirmou que “2021 vai ser o ano do comércio, da indústria, dos negócios e dos prestadores de serviço”.

 

Pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG) mostrou que a confiança dos comerciantes de Belo Horizonte voltou a crescer em setembro, com a flexibilização do isolamento social na capital.

 

* Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 

 

Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia
Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia

Eleições 2020: como votar, datas e horários

O primeiro turno das eleições 2020 será em 15 de novembro e, caso seja necessário no seu município, o segundo turno será realizado em 29 de novembro de 2020. Nestas eleições, o horário de votação é das 7h às 17h. O horário entre 7h e 10h é preferencial para maiores de 60 anos.

Com as novas medidas diante da pandemia do coronavírus, preparamos um guia com tudo que você precisa saber para votar nas eleições 2020.

O que muda nas eleições 2020?

Muitas mudanças foram feitas pela Justiça Eleitoral para os candidatos a prefeito e vereador durante o período eleitoral de 2020. Além disso, os eleitores também terão de se adaptar às novas normas para os dias de votação, como a abertura antecipada das seções eleitorais e as regras de higiene que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  


Como justificar o voto nas eleições 2020?

Os eleitores poderão optar por justificar o voto de três formas: 
  • No dia das eleições: o eleitor que estiver fora de sua cidade pode justificar a ausência em qualquer local de votação, das 7h às 17h. O eleitor deverá ter o número do título, um documento oficial de identificação e o formulário de justificativa preenchido.

  • Depois das eleições: preenchendo o formulário de justificativa em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor em até 60 dias após a votação.

  • A justificativa também poderá ser feita no aplicativo e-Título.

Eleições 2020 em Belo Horizonte

Na capital mineira, 15 candidatos disputam as eleições para prefeito. Conheça quem são os candidatos e o perfil de cada na corrida rumo à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Já para vereador, Belo Horizonte conta com mais de 1,5 mil candidatos. Alguns apostaram em apelidos e codinomes bem inusitados para conseguir votos.



Para acompanhar a cobertura completa das eleições em BH, acesse nosso especial

Para saber mais sobre as Eleições 2020 em Minas Gerais, leia também a cobertura completa das eleições na Grande BH e nas regiões Centro-OesteLesteNorteSul de MinasTriângulo Mineiro e Zona da Mata.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade