Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Kalil se diz envergonhado por ida de Bolsonaro a ato pró-golpe militar

Nesse domingo, em Brasília, presidente participou de manifestação que pediu intervenção militar


postado em 20/04/2020 13:59 / atualizado em 20/04/2020 14:22

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

Prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) criticou a participação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em uma manifestação pró-golpe militar. Em meio à pandemia do novo coronavírus e às recomendações de autoridades sanitárias para evitar aglomerações, o chefe do Executivo nacional foi a um ato que reuniu milhares de pessoas nesse domingo, em Brasília.

Kalil se disse “profundamente envergonhado” pela participação do presidente na manifestação. “Aquilo agrediu aos ouvidos e aos olhos de todo brasileiro que viveu um pouco ou leu um pouco sobre o estado ditatorial no Brasil. Eu me senti profundamente envergonhado”, disse o prefeito.

“É uma pena. Diferente do que o mundo pensa, nós precisamos de um líder. O Brasil precisa de um líder. O que eu vi ontem (domingo) foi lamentável sob todos aspectos. Já disse que respeito a hierarquia. E respeito a hierarquia de um modo geral, mas não tenho medo da verdade”, avaliou Kalil.

Durante a manifestação desse domingo, Bolsonaro discursou rapidamente. 'Eu estou aqui porque acredito em vocês. Vocês estão porque acreditam no Brasil", disse o presidente, na parte inicial da declaração.

Após a repercussão negativa da ida à manifestação, Bolsonaro repreendeu, já nesta segunda-feira, um apoiador que pedia o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Aqui não tem que fechar nada, dá licença daí. Aqui é democracia, aqui é respeito à Constituição Brasileira, e aqui é minha casa e tua casa. Então, peço por favor, que não se fale isso aqui. Supremo aberto, transparente. Congresso aberto, transparente. Nós, o povo, estamos no governo. Não vamos aceitar provocações rasteiras por parte da imprensa, que está aqui, me ouvindo aqui agora, com as exceções”, disse.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade