Publicidade

Estado de Minas

Eduardo Bolsonaro se casa em festa para 150 convidados no Rio

Cerimônia foi conduzida pelo pastor Pedro Litwinczuk, famoso por ter participado de um reality show. Segurança foi reforçada pelo Exército e Polícia Federal


postado em 25/05/2019 20:42 / atualizado em 25/05/2019 21:11

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) se casou nesta sábado com a psicóloga Heloísa Wolf(foto: David Nascimento/Divulgação)
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) se casou nesta sábado com a psicóloga Heloísa Wolf (foto: David Nascimento/Divulgação)

Heloísa Wolf(foto: David Nascimento/Divulgação)
Heloísa Wolf (foto: David Nascimento/Divulgação)
O deputado federal Eduardo Bolsonaro e a psicóloga gaúcha Heloísa Wolf se casara, na noite deste sábado (25), em uma festa com forte esquema de segurança, e organizada para 150 convidados, em Santa Teresa, no Rio de Janeiro.

A cerimônia contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, pai do noivo e da primeira-dama, Michele Bolsonaro. Além deles, também estiveram presentes o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

(foto: David Nascimento/Divulgação)
(foto: David Nascimento/Divulgação)


Ao longo do caminho até chegar ao local do evento, homens da Polícia do Exército reforçavam a segurança. A Polícia Militar posicionou equipes ao longo da Avenida Almirante Alexandrino, usada para quem precisou acessar o bairro.

Presidente Jair Bolsonaro com os filhos, a mulher, noras e damas do casamento(foto: David Nascimento/Divulgação)
Presidente Jair Bolsonaro com os filhos, a mulher, noras e damas do casamento (foto: David Nascimento/Divulgação)


No Morro dos Prazeres, um blindado foi colocado no principal acesso da comunidade. A PF posicionou agentes entre os convidados. Apesar do aparato, nenhum problema ocorreu ao longo do dia e o casamento ocorreu sem nenhum tipo de problema.

O casório foi conduzido pelo pastor Pedro Litwinczuk, de 53 anos, da Igreja Comunidade Batista do Rio, que participou do reality show “No Limite”.

O cerimonial se reuniu com as autoridades para adotar as normas de segurança previstas e combinar os locais onde ficariam as equipes para não prejudicar a entrada dos convidados.

O evento custou cerca de R$ 150 mil. O terno de Eduardo, que custou R$ 10 mil foi parcelado em três vezes e foi desenhado por Eduardo Guinle, que trabalhou para o ex-presidente Fernando Henrique.

O vestido de Heloísa foi desenhado pela estilista Marie Lafayette, a mesma que elaborou a roupa usada na posse de Michele, e no casamento dela com o presidente.

Protestos


Moradores da região protestaram contra a presença de Bolsonaro no bairro. Nas janelas de vários prédios foram pendurados panos da cor preta.

Um morador tocou as músicas “Apesar de Você", de Chico Buarque, e "Para não dizer que não falei das flores", de Geraldo Vandré em som alto durante a cerimônia. Era possível ouvir o som na entrada do local onde estava ocorrendo o casamento.

Gritos de “fascista e nazista” também foram entoados por moradores que carregavam cartazes. Não houve nenhum tipo de confronto com a polícia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade