Publicidade

Estado de Minas

'Toma cuidado, Haddad', diz Temer em vídeo dirigido a Fernando Haddad

Em vídeo postado no Twitter, presidente reclama de ser chamado de 'golpista' e de críticas à reforma trabalhista. Ele ainda sugere ao candidato a vice-presidente pelo PT que leia a Constituição Federal


postado em 06/09/2018 13:37 / atualizado em 06/09/2018 13:52


Depois dos ataques ao ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, o presidente Michel Temer (MDB) virou a mira para o ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT).

Em um vídeo de 1m47s postado no Twitter, Temer diz para o petista ter “cuidado” e seguir a Constituição Federal caso seja eleito presidente da República nas eleições de 7 de outubro.

“Quero recomendar a você e seus companheiros, quando me chamam de golpista e de alguém que fez a a reforma trabalhista, que recupera a modernidade do nosso país, eu quero que você lei a Constituição, Haddad”, afirmou o presidente da República.

Professor de direito constitucional, Temer sugeriu a Haddad que verifique o artigo na CF que dá ao vice o direito de assumir a cadeira de presidente em caso de impedimento do titular – referindo-se ao impeachment de Dilma Rousseff (PT), de quem era vice.

“É que ninguém quer cumprir a lei, a Constituição, as pessoas querem fazer as coisas de sua cabeça, como você”, reclamou.

Michel Temer ainda argumentou que o artigo 7º da Constituição traz “medidas protetoras” para o trabalhador brasileiro, que não podem ser alteradas por lei.

Segundo ele, graças à reforma trabalhista aprovada em seu governo, foram criadas este ano 448 mil empregos com carteira assinada e 1,5 milhão de postos de trabalho.

“Não diga isso, Haddad. Não combina com você. Se você algum dia ocupar meu lugar, você vai ter que colocar a Constituição ao lado e segui-la, como eu sigo e estou agora relatando isso a você. Toma cuidado, Haddad. Tenha cuidado”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade