Publicidade

Estado de Minas

'Ninguém aqui quer ir embora e não posso fazer nada', diz PRF sobre caminhoneiros

Instituição afirma que manifestantes na BR-381 não serão retirados do local, desde estejam cumprindo a liminar que proíbe obstrução das vias


postado em 25/05/2018 16:20 / atualizado em 25/05/2018 16:54


Caminhoneiros organizam nesta sexta-feira uma assembleia em um posto de gasolina, próximo à Refinaria Gabriel Passos (Regap) às margens da BR-381, em Betim, na Grande BH. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acompanha a movimentação, mas não irá intervir e nega que haverá Força Nacional para retirá-los do local, apesar da decisão que autoriza ação para liberar as rodovias.

De acordo com a PRF, enquanto os manifestantes estiverem cumprindo a liminar, que proíbe o bloqueio da rodovia, os policiais irão garantir que eles permaneçam no movimento. A instituição também disse que será garantida a saída daqueles que quiserem se retirar do protesto.

O chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização da Delegacia Metropolitana da PRF, Alexandre Pinheiro pediu ainda que as manifestações continuem ocorrendo de forma pacífica e que a polícia continuará cumprindo o que a justiça determinar. "Se ninguém aqui quer ir embora, ninguém vai, e eu não posso fazer nada. Estamos cumprindo a liminar com bom relacionamento", afirmou Alexandre em conversa com os manifestantes.

Os caminhoneiros Guilherme Gomes Lopes, Alexandre Aparecido de Souza e Rômulo da Silva Caldas, de BH, trouxeram seus caminhões vazios para apoiar o movimento. Já o viajante William Oliveira disse que veio também em apoio, porque trabalha com carro próprio e afirma que preços de combustíveis e pedagios estão inviabilizando sua profissão. Ele disse que o movimento quer a redução de impostos, desde que isso reflita na redução dos preços nas bombas.

William também condenou atitude de donos de postos de combustíveis que aumentaram os preços aproveitando da situação. Na segunda feira, segundo o motorista, o frete é de R$ 3.500, recebeu R$ 3 mil de adiantamento ao sair de São Paulo e só tinha R$ 30 no bolso ao chegar em BH com a carga de embalagens trazida de Fortaleza.

Moradores das imediações da Fiat se concentram junto à passarela da BR-381 e recebem apoio dos carros que passam piscando faróis e buzinando. Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a Força Nacional chegará em Ribeirão das Neves, também na Grande BH.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade