UAI
Publicidade

Estado de Minas CANSOU E DENUNCIOU

Vítima de furtos há 14 anos, mulher decide denunciar o filho

Caso aconteceu em Frutal, no Triângulo Mineiro; suspeito está foragido


22/07/2022 13:51 - atualizado 22/07/2022 15:08

Porta de viatura da PM com a logomarca da corporação
PM de Frutal procura o suspeito, de 33 anos (foto: PMMG/Divulgação)
Uma mulher, de 59 anos, denunciou o filho, de 33, à Polícia Militar (PM) de Frutal, no Triângulo Mineiro, nessa quinta-feira (21/7), após ser vítima de furtos de objetos de sua casa durante 14 anos. O suspeito não foi localizado.
 
De acordo com relato da mulher à PM, o filho, que é usuário de drogas, já furtou eletrodomésticos, roupas, calçados, alimentos e produtos de limpeza, com a finalidade de vendê-los para sustentar o vício. O último furto, segundo ela, foi de uma caixa de sabão em pó.
 
Ainda conforme o relato da mulher aos militares, ela vem tendo dificuldades para se manter financeiramente e está contando com a ajuda de uma filha, que, mensalmente, repassa dinheiro para as despesas.
 
Segundo o Código Penal, regulamentado pela Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940, a pena para quem cometer furto é de reclusão de 1 a 4 anos e multa, sendo que, além disso, a lei prevê aumento de pena para quem cometa o crime durante a noite.
 
Já para os casos de furto de pequeno valor, a lei permite diminuição ou até perdão de pena, aplicando-se apenas a multa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade