UAI
Publicidade

Estado de Minas TRÁGICO ACIDENTE NA RAJA GABÁGLIA

Corpo de mulher atropelada por BMW é velado e sepultado em Nova Lima

Motorista, de 24 anos, e com sinais de embriaguez e CNH vencida foi preso em flagrante


01/03/2022 09:10 - atualizado 01/03/2022 10:28

Imagem da vítima redes sociais
Cássia foi atingida por uma BMW azul em alta velocidade na Raja Gabáglia (foto: Reprodução/Redes sociais)
Está sendo velado no Cemitério Parque de Nova Lima, o corpo da manicure Cássia Gomes Chaves, de 35 anos. O enterro está previsto para as 11h no mesmo local. Ela faleceu na madrugada dessa segunda-feira (28) após ser atropelada por uma BMW azul na Avenida Raja Gabáglia, no bairro Santa Lúcia, em Belo Horizonte. Cássia tinha saído de uma casa noturna com uma amiga.

 

Uma testemunha relatou à polícia que o veículo estava em alta velocidade e o motorista não parou para prestar socorro. Com o impacto, o corpo de Cássia foi arremessado contra a traseira de uma Ecosport que estava estacionada na via. Ela sofreu várias fraturas e não resistiu.

 

O motorista da BMW, o advogado Daniel Boczar Leão, de 24 anos, foi preso em flagrante. Ele se apresentou a uma base da Polícia Militar na Praça Diogo de Vasconcelos, na Savassi, quando denunciou uma suposta confusão com flanelinhas. De acordo com os militares, o rapaz demonstrava nervosismo e apresentava sinais de embriaguez.

 

O condutor fez o teste do bafômetro. Conforme a PM, o aparelho registrou 0,56 mg/l de álcool por litro de ar expirado. Os militares também encontraram uma garrafa de vodca dentro da BMW e ainda constataram que a CNH do motorista está vencida há mais de um mês.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade