UAI
Publicidade

Estado de Minas BAIXA PROCURA

Apenas 10% das crianças com comorbidades foram vacinadas em Uberaba

Secretaria Municipal de Saúde informou que traça estratégias para realizar busca ativa por imunização contra a COVID-19


24/01/2022 22:33 - atualizado 24/01/2022 22:33

vacinação
Nesta terça-feira (25/1), em Uberaba, acontece a vacinação das crianças com comorbidades e deficiência permanente com cinco anos ou mais (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
Uberaba, no Triângulo Mineiro, se aproxima do fim do calendário de vacinação contra COVID-19 em crianças entre 5 e 11 com comorbidades e deficiência permanente, mas a procura foi bem abaixo da expectativa da Secretaria Municipal de Saúde, ou seja, cerca de somente 10% de comparecimento do público esperado, o que representa aproximadamente 100 vacinados.
 
Em Uberaba, há aproximadamente 28 mil crianças entre 5 e 11, sendo que o número daquelas com comorbidades e deficiência permanente é de cerca de 1 mil.
 
Nesta terça-feira (25/1), no Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher (Caism) Eurico Vilela, acontece a vacinação das crianças com comorbidades e deficiência permanente com cinco anos ou mais, e, desta forma, o encerramento do calendário da primeira etapa da vacinação infantil no município.
 
“Tivemos uma procura abaixo das expectativas, mas já estamos traçando estratégias para realizar a busca ativa dessas crianças”, informou a Secretaria de Saúde de Uberaba, que nos próximos dias deve divulgar mais detalhes das estratégias.
 
De acordo com o último Vacinômetro de Uberaba, divulgado hoje (7/1), desde o início da vacinação da COVID na cidade, já foram aplicadas 585.220 mil doses.
 
gráfico
Atual Vacinômetro de Uberaba, atualizado na noite desta segunda-feira (24/1) (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
 
Desde o início da pandemia, o município registrou 62.737 casos positivos da COVID-19, sendo que 1.420 pessoas morreram e 52.224 se recuperaram.
 
De acordo com o atual boletim epidemiológico, divulgado na noite desta segunda-feira (24/1), foi registrado nas últimas 24 horas o maior número de óbitos causados pela COVID-19, em 2022: cinco.
 
Devido à nova onda de casos, o número de internações tanto em UTIs/COVID como em enfermaria/COVID tem aumentado nos últimos dias em Uberaba, sendo que neste momento as taxas das duas alas estão acima dos 50%.
 
gráfico 1
Último boletim epidemiológico de Uberaba, divulgado na noite desta segunda-feira (24/1) (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade