UAI
Publicidade

Estado de Minas IMUNIZAÇÃO

BH começa a vacinar crianças neste sábado contra COVID; veja a programação

Primeiramente, serão imunizadas crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas, acamadas e com mobilidade reduzida


14/01/2022 14:12 - atualizado 14/01/2022 14:26

vacinação
Vacinas infantis chegaram nesta manhã em Confins: primeira remessa para BH será de 10,8 mil doses (foto: BH Airport/Divulgação)

Depois de muita espera, Belo Horizonte começará neste sábado (15/1) a vacinar o público infantil de 5 a 11 contra o coronavírus. Nesta primeira remessa de 10,8 mil doses, serão contempladas as crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas, acamadas e com mobilidade reduzida.
 
As doses que chegaram ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, foram transportadas para a Central Estadual da Rede de Frio, logo após o desembarque. A distribuição para as regionais de saúde começaram ainda nesta sexta-feira (14/1).
 
A aplicação das doses em BH será feita exclusivamente nos centros de saúde. Porém, futuramente, a prefeitura vai colocar pontos de vacinação em escolas municipais, a fim de garantir que as crianças não fiquem em contato com pacientes que apresentem sintomas respiratórios ou suspeita de COVID-19.

Segundo as orientações da PBH, as crianças devem estar acompanhada de pais ou responsáveis e apresentar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina.
 
Caso o acompanhamento seja por terceiros, haverá a necessidade de apresentar o termo de autorização de para vacinação, disponibilizado no site da prefeitura – deve estar devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsáveis.  

O município avisa que a ampliação da vacinação para as crianças sem comorbidades será feita de forma gradativa e de acordo com o quantitativo de doses repassado ao município.

Confira a programação:


Dia 15/01, sábado: primeira dose para crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas de 11 a 5 anos, completos até a data da vacinação. 
Dia 16/01, domingo: não haverá vacinação.

Dia 17/01, segunda-feira: início da aplicação da primeira dose para crianças acamadas ou com mobilidade reduzida de 11 a 5 anos completos, até a data da vacinação. A imunização será feita em domicílio;

Neste dia não haverá aplicação de vacina para nenhum outro grupo prioritário ou faixa etária. As equipes de saúde estarão empenhadas na aplicação de vacina das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida.

Dia 18/01, terça-feira: aplicação da primeira dose para crianças acamadas de 11 a 5 anos completos, até a data da vacinação. A imunização será feita em domicílio;

Neste dia não haverá aplicação de vacina para nenhum outro grupo prioritário ou faixa etária. As equipes de saúde estarão empenhadas na aplicação de vacina das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida.

Dia 19/01, quarta-feira: dose de reforço para pessoas de 53 e 51 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 20/01, quinta-feira: - dose de reforço para pessoas de 49 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

- dose de reforço para pessoas de 19 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 21/01, sexta-feira: dose de reforço para pessoas de 18 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

-repescagem de dose de reforço para grupos prioritários e faixas etárias já convocados, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF.

Dose de reforço


Para que as pessoas possam receber a dose de reforço é necessário apresentar o documento de identidade, cartão de vacinação e ter recebido a segunda dose no prazo de pelo menos 4 meses.

Os chamamentos continuarão a ser feitos, mas a partir de quarta-feira, dia 19 de janeiro, se uma pessoa, independentemente da idade, já completou esse prazo, pode procurar um dos pontos de vacinação para tomar o reforço.

Horário de funcionamento


Neste sábado, dia 15 de janeiro, o horário de funcionamento dos locais de vacinação será das 8h às 14h. Já de segunda a sexta-feira é das 8h às 17h para pontos fixos e extras, e das 8h às 16h30 para pontos de drive-thru. Já os shoppings funcionam das 13h às 19h30. Os endereços podem ser verificados no site da prefeitura.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade