UAI
Publicidade

Estado de Minas EM EVENTO NATALINO

Após proibir carnaval, Santa Rita é alvo de críticas por aglomeração

Evento natalino reuniu centenas de pessoas, muitas sem máscaras; prefeitura alega que não se compara com o carnaval, que atrai milhares


07/12/2021 18:17 - atualizado 07/12/2021 19:55

Evento natalino em Santa Rita do Sapucaí
Natal em praça gerou polêmica por aglomeração e falta de uso de máscaras (foto: Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí/Divulgação)
Aglomeração e falta do uso de máscaras durante festa de lançamento da iluminação natalina e Casa do Papai Noel em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, geraram críticas. A prefeitura decretou a suspensão do carnaval e réveillon, na última semana, assim como outros municípios fizeram. Já o evento natalino foi aberto ao público presente na Praça da Matriz.

Questionamentos citaram que a quantidade de pessoas reunidas na praça - com muitas sem máscara -, no último sábado (4/12), contradiziam a medida da prefeitura em relação ao carnaval. A suspensão da folia e do réveillon considerou a situação da pandemia perante a nova variante Ômicron e a possibilidade de novos picos da doença com evento que geram aglomeração.
 
Já a festa de natal no último final de semana teve a chegada do Papai Noel e a inauguração da iluminação natalina, informa o secretário de governo municipal, Reginaldo Santos. O evento teve imagens publicadas pela prefeitura em redes sociais e foi alvo de críticas da população e empresários. 
 
A empreendedora Isabella Bernardes, de Belo Horizonte, é uma das críticas. Ela tem uma empresa de hospedagem há 14 anos, sendo quatro deles com hospedagens de turistas em Santa Rita do Sapucaí no carnaval. "Nós fechamos cerca de 1 mil hospedagens em Santa Rita a cada ano", diz Isabella, que afirma ainda girar quase R$ 1 milhão em negócios no município.
 
Isabella cita que após o decreto do cancelamento do carnaval, era compreensível que o evento fosse suspenso em prol da saúde pública. Ela demonstrou a indignação com a multidão e pessoas sem máscara no evento natalino em Santa Rita e fez publicações em redes sociais e em entrevista ao Terra do Mandu.
 
"A população de Santa Rita está isenta de COVID"?, questiona. "Se ele [o poder público de Santa Rita] preza por isso, algo dentro da saúde, ele não faria uma festa, ele não faria um mega evento em praça pública, aonde não tem controle de vacinação, controle de testes rápidos", complementa.
 

Não se compara, alega município

 
O secretário de governo, Reginal Santos, comentou que o "evento reuniu algumas centenas de pessoas na praça, algumas inclusive sem máscara, o que foi o suficiente para gerar nas redes sociais muitos comentários".

Sobre o questionamento do cancelamento do carnaval em comparação com a realização do evento natalino, ele alegou que "não se compara um evento que reúne centenas de pessoas com um evento que reúne milhares de pessoas". 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade