UAI
Publicidade

Estado de Minas SUDOESTE DE MINAS

Chuva de pétalas sobre Cássia marca pré-inauguração de santuário

Faltando 6 meses para a inauguração do maior templo do mundo dedicado a Santa Rita, uma missa foi celebrada e depois as pétalas de rosas lançadas de helicóptero


22/11/2021 17:46 - atualizado 22/11/2021 18:08

Pessoas segurando rosas
Fiéis seguram rosas durante missa celebrada em tenda montada no estacionamento de onde será o maior santuário do mundo dedicado a Santa Rita de Cássia, considerada a Santa das Causas Impossíveis (foto: Prefeitura de Cássia/Divulgação)
Uma chuva de pétalas de rosas vermelhas, abençoadas durante a celebração da missa e pré-inauguração do Santuário de Santa Rita de Cássia, marcou a manhã de domingo (21/11) em Cássia, cidade que passará a contar, a partir do mês de maio de 2022, com o maior santuário do mundo dedicado à santa.

A celebração foi feita pelo bispo da Diocese de Guaxupé, dom José Lanza Neto, pelos padres Júlio César Agripino, reitor do Santuário, e Leandro José de Melo, e contou com a participação do Coral dos Pequenos Cantores de Cássia.

O  projeto arquitetônico tem capacidade para receber até 7 mil fiéis e infraestrutura que inclui estacionamento, restaurante, centro comercial e uma réplica da casa onde morou a religiosa italiana.
 
A celebração ocorreu em uma tenda montada no estacionamento do santuário para 150 convidados, a maioria lideranças comunitárias de Cássia, e contou com a presença do prefeito Rêmulo Carvalho Pinto, do presidente nacional do Sebrae, Carlos Melles, do empresário Paulo Flávio de Melo Carvalho e outras autoridades.
 
“A celebração eucarística que hoje realizamos é uma grande ação de graças pelo caminho feito até o presente momento e, ao mesmo tempo, uma oferta agradável a Deus dos trabalhos que ainda virão. Estamos a seis meses da dedicação do nosso novo Santuário. A cada novo amanhecer somos abraçados por esta maravilhosa obra e, da mesma forma, motivados também a abraçá-la", disse o padre Júlio Cesar ao final da celebração.

Depois da missa, as pétalas de rosas foram levadas para um helicóptero e despejadas pela cidade.
 
Logo após a celebração, numa coletiva à imprensa, o bispo diocesano dom José Lanza falou da preparação que vem sendo feita para a inauguração do Santuário.

Ontem mesmo, numa reunião com os párocos de Carmo do Rio Claro, a mobilização já seria iniciada. O mesmo deverá se repetir, segundo ele, em 42 municípios, 87 paróquias e com os 120 padres da diocese.

“Nossa expectativa é muito grande e acredito que teremos um momento inesquecível, um momento único especialmente para a comunidade de Cássia e para nossa Diocese”, disse.

Infraestrutura viária e obras na cidade

O prefeito Rêmulo Carvalho contou que a prefeitura já desenvolve alguns projetos de restauração de praças, de recuperação do calçamento de algumas ruas da cidade e do esforço que vem realizando junto às autoridades estaduais para viabilizar a alça viária ligando o Santuário à rodovia MG-444.

Também estão sendo providenciadas melhorias no Pronto-Socorro e outros iniciativas para atender as demandas que surgirão com o novo santuário.
 
O empresário Paulo Flávio, finaciador da obra, relatou que dentro dos próximos três meses a construção estará concluída.

“Erguemos esse santuário num tempo recorde de três anos e nove meses e teremos um prazo de outros três meses para os detalhes finais. Agora, por exemplo, estamos providenciando o estacionamento de ônibus”, contou.

O empresário ressaltou a importância do apoio que vem recebendo do Sebrae. E o presidente da entidade, por sua vez, assegurou que esse também é seu papel.

“É como uma pedra que se joga em Cássia e cujas ondas vão se propagando por toda a região, pois nosso papel é o de buscar a melhoria da vida de todos, e melhorar com a indústria da religião, do turismo religioso, é uma oportunidade formidável”.

Melles lembrou que a inauguração do santuário chega num momento de pós-pandemia, em que as pessoas estão vivendo uma nova realidade e buscando a esperança.
 
O padre Júlio Cesar Agripino falou dos últimos preparativos para a inauguração e que a emoção do evento realizado no domingo é apenas um pouco daquilo que se sentirá em maio do próximo ano.

“Há exatos seis meses da inauguração do Novo Santuário de Santa Rita, em Cássia, não poderíamos deixar de celebrar, colocando sobre o altar, lugar central da nossa fé católica, de onde tudo nasce e para onde tudo converge, nossos caminhos e conquistas alcançados até presentemente e os desafios e objetivos que estão por vir. Com essa belíssima celebração realizada em parceria com o Sebrae, desejamos, também, intensificar a divulgação dos andamentos das obras do complexo religioso e motivar a comunidade cassiense e os infindáveis devotos (as) de Santa Rita espalhadas mundo a fora a abraçarem com carinho e entusiasmo a nova casa de Santa Rita. Novos tempos se aproximam e precisamos nos preparar!”, finalizou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade