UAI
Publicidade

Estado de Minas Patos de Minas

Prefeito dispensa máscaras em locais abertos e divide opiniões

Luís Eduardo Falcão se justificou mencionando dados epidemiológicos e avanço da cobertura vacinal


17/11/2021 21:44 - atualizado 17/11/2021 21:58

Prefeito Luís Eduardo Falcão
Prefeito se mostra otimista com a redução dos casos de COVID-19 no município (foto: Lélis Félix/Especial para o EM)
 
O prefeito de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, resolveu dispensar o uso de máscara em ambientes externos como praças, parques e ruas. Luís Eduardo Falcão (PODEMOS) já havia sinalizado, na semana passada, a intenção de flexibilizar. Durante uma entrevista coletiva, na tarde desta quarta-feira (17), ele apresentou o decreto aos jornalistas.
 
Falcão justificou a medida com dados epidemiológicos. A média móvel, considerando o período de 7 a 13 de novembro, é de 4,57 casos por dia. A última morte registrada foi em 27 de outubro quando um idoso de 78 anos não resistiu as complicações da COVID-19.
 
Outro argumento de Falcão é o avanço da cobertura vacinal no município. Dados recentes, atualizados na terça-feira (16), apontam que 97,46% da população acima de 12 anos já recebeu pelo menos a 1ª dose. Já 88,35% do público alvo já completou a imunização com duas doses ou dose única.
 
A dispensa da máscara em ambientes externos foi decretada em edição extraordinária do Diário Oficial e já está em vigor. “É uma medida de consciência. O uso em qualquer espaço foi obrigatório enquanto necessário, felizmente agora temos condições de fazer essa mudança”, disse Falcão.
 
O decreto é facultativo, ou seja, cada cidadão é livre para decidir se usará ou não o dispositivo nos ambientes abertos. A máscara continua obrigatória em locais fechados como estabelecimentos comerciais, academias, órgãos públicos, empresas e similares.
 

Dividiu opiniões

 
Nas redes sociais, internautas se dividiram quanto à decisão do prefeito. “Ninguém está usando mesmo, não sei por que ele decretar”, disse um internauta. “Acho muito precipitado”, comentou uma servidora da própria prefeitura.
 
Também surgiram várias pessoas que afirmaram que continuarão usando o dispositivo de proteção. “Vou usar, cuidar de mim e de minha família e do meu próximo”, escreveu outro internauta.
 

Recado para críticos da vacina

 
Durante a entrevista coletiva, Luís Eduardo Falcão (PODEMOS) aproveitou para mandar um recado para os cidadãos que criticam a aplicação das vacinas, principalmente em adolescentes.
 
“Eu tenho recebido nas minhas redes ataques de algumas pessoas. ‘Que abuso, vacinar adolescente’. Absurdo ? Está acontecendo no mundo inteiro! Foi aprovado pelo governo federal, pela ANVISA. Eu sou apenas um prefeito de Patos que recebe as vacinas e disponibiliza para a população. Se tem alguém que não quer vacinar, é direito da pessoa”, disse ele.
 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19

 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade