UAI
Publicidade

Estado de Minas VÁRIAS REGIÕES DO ESTADO

Cidades mineiras suspendem vacinação para adolescentes

Veja quais cidades do Vale do Jequitinhonha, Noroeste, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba suspenderam a vacinação


16/09/2021 20:07 - atualizado 16/09/2021 20:18

Vacinação para adolescentes deve ser feita apenas para quem tem doenças crônicas, deficiências permanentes ou estão privados de liberdade
Vacinação para adolescentes deve ser feita apenas para quem tem doenças crônicas, deficiências permanentes ou estão privados de liberdade (foto: Pedro Gontijo/Imprensa MG)
Municípios de diferentes regiões de Minas que já avançavam para a imunização de adolescentes sem comorbidades suspenderam as aplicações nesta quinta-feira (16/9) após  a orientação do Ministério da Saúde . Algumas prefeituras decidiram suspender a vacinação imediatamente, enquanto outros mantiveram o plano inicial.

O comunicado do Ministério da Saúde, publicado na noite de ontem (15/9), determina que a aplicação do imunizante aconteça apenas para pessoas de 12 a 17 anos que tenham deficiência permanente, doenças crônicas ou que estejam privadas de liberdade.
 
A nota informativa do Ministério da Saúde tem como base as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que não recomenda a vacinação de adolescentes, embora estudos com a Pfizer tenham mostrado que esse imunizante é seguro para quem ainda não completou 18 anos.

O comunicado cita também que os benefícios para o público de 12 a 17 anos sem comorbidades ainda não estão claramente definidos. 
 
Em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a prefeitura afirma que vacina apenas para adolescentes que tenham doenças crônicas, e que cumpre o que foi determinado pelo Ministério da Saúde.
 
Veja como outras cidades que já começaram a imunização no interior de Minas Gerais receberam a medida.

Vales do Jequitinhonha e Mucuri

A reportagem consultou a prefeitura de Teófilo Otoni para saber se a imunização para adolescentes já havia começado, mas ainda não recebeu resposta.

Bandeira

O município começou a imunizar adolescentes de 12 a 17 anos nesta quarta-feira (15/9), conforme determinava anteriormente o Ministério da Saúde. Porém, a administração ainda não informou como vai proceder após a mudança nas regras.

Bertópolis

A cidade anunciou no final da tarde desta quinta-feira (16/9) que vai manter a vacinação apenas para adolescentes que têm doenças crônicas, como prevê o Ministério da Saúde.

Itaobim

A vacinação acontecia para jovens de 16 e 17 anos, mas a prefeitura não informou, até o fechamento desta reportagem, se vai seguir ou não a recomendação de imunizar apenas pessoas com deficiências.

Franciscópolis

A cidade já havia paralisado a imunização por falta de doses. O município, de 5 mil habitantes, abriu a vacinação apenas para adolescentes com doenças crônicas, seguindo o que foi determinado pelo Ministério, e deve continuar a vacinação quando novas remessas de imunizantes forem encaminhados.

Nanuque

A prefeitura publicou nas redes sociais o aviso diário de vacinação contando que todos os adolescentes de 12 a 17 anos poderiam procurar normalmente o drive thru que é disponibilizado. O Estado de Minas questionou a administração se vai manter o plano, e aguarda a resposta.

Salto da Divisa

O município de 7 mil habitantes começou a imunizar adolescentes de 12 a 17 anos. A campanha foi totalmente paralisada, segundo a prefeitura, e só voltará quando houver uma nova determinação do Ministério da Saúde.

Noroeste de Minas

Poucas cidades já haviam começado a campanha de imunização para adolescentes, mesmo após a possibilidade disso acontecer desde esta quarta-feira.
 
Além de consultar os municípios que já tinham iniciado a campanha, o Estado de Minas também procurou a prefeitura de Unaí, que afirmou que ainda não havia começado a vacinar os adolescentes. A campanha seria estendida, em princípio, na semana que vem. Mas, agora, a secretaria municipal de Saúde aguarda novo posicionamento do Ministério sobre a questão.

Vazante

A cidade de 20 mil habitantes, que estava vacinando todos os adolescentes entre 12 e 17 anos desde o começo da semana, mesmo aqueles sem doenças crônicas, paralisou a aplicação no começo da tarde desta quinta-feira (16/9). "Por ora, a aplicação está suspensa até que haja um novo parecer do Ministério da Saúde".
 

Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba

Campo Florido

A prefeitura havia aberto um cadastro para saber quantos garotos e garotas estariam aptos a tomar a vacina contra COVID-19, e, em um primeiro momento, abriria a vacinação nesta quarta-feira (15/9). Porém, não houve nenhuma notificação oficial de que a imunização começou, de fato. O cadastro segue ativo.

Pirajuba

O município ainda não havia determinado o dia de início da vacinação dos jovens, mas também está com um formulário para saber quantas pessoas podem tomar a vacina, caso a determinação seja revertida.

Ipiaçu

A vacinação para adolescentes começou nesta quarta-feira (15/9) para adolescentes entre 12 e 17 anos com doenças crônicas, mas, até o fechamento desta reportagem, a prefeitura não respondeu aos questionamentos sobre a decisão do Ministério da Saúde.

Patos de Minas

A prefeitura informou que, apesar de ainda não ter começado a vacinação propriamente dita, vai seguir o recomendado pelo Ministério da Saúde. Porém, o cadastro para saber quantas doses seriam distribuídas (ou que podem ser entregues caso a determinação mude) continua aberto, mesmo após a determinação do Ministério da Saúde.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade