Publicidade

Estado de Minas NOVAS NORMAS

Itaúna divulga novos protocolos para atividades escolares presenciais

O tempo máximo de permanência do aluno deverá ser de 4h30 e a entrada e saída deverão ser fracionadas para evitar aglomerações


14/09/2021 21:39 - atualizado 14/09/2021 21:53

As escolas da cidade, como a E.M. Maria Augusta de Faria, também deverão garantir alternativas de aulas não presenciais aos alunos (foto: Prefeitura de Itaúna/Divulgação)
As escolas da cidade, como a E.M. Maria Augusta de Faria, também deverão garantir alternativas de aulas não presenciais aos alunos (foto: Prefeitura de Itaúna/Divulgação)
 
 
A prefeitura de Itaúna, no Centro-Oeste de Minas, divulgou nessa segunda-feira (13/9) novos protocolos de segurança contra a COVID-19 para as aulas presenciais no município. O Executivo afirmou que não haverá ensino em tempo integral no momento e as atividades seguem no formato de revezamento, através do qual os alunos têm dias específicos para as aulas presenciais. 
 
O retorno das atividades escolares presenciais começou no dia 5 de agosto, com os alunos da educação infantil. Desde então, medidas foram adotadas para garantir a segurança de alunos e funcionários. Os novos protocolos reforçam essas medidas e propõem novas, levando em conta o cenário atual da pandemia. 
 
De acordo com as novas diretrizes, o tempo máximo de permanência do aluno na escola deverá ser de 4h30. Além disso, a entrada e saída dos alunos na escola deverão ser fracionadas, de forma a evitar aglomerações e filas nos portões da escola. 
 
Atualmente, Itaúna está na Onda Amarela do programa Minas Consciente. Dessa forma, a ocupação nas salas de aula deverá obedecer o distanciamento conforme a onda vigente, sendo um raio de 2 metros entre pessoas (professores/alunos/servidores), com as devidas demarcações. Caso o município avance para a Onda Verde, a distância passa para 1,5 metro. 
 
Os corredores deverão ser preservados exclusivamente para o trânsito de pessoas, sendo vedada a utilização para quaisquer outras atividades. Os professores também precisam obedecer o escalonamento proposto e se deslocar diretamente para a sala de aula. 
 
As escolas deverão garantir alternativas de aulas não presenciais aos alunos pertencentes ao grupo de risco; alunos/responsáveis que não se sintam seguros em retornar às aulas presenciais; alunos e professores com suspeita ou confirmação de contaminação pela COVID-19. 
 
Essas são apenas algumas das diretrizes dos novos protocolos, o documento completo pode ser acessado no site da prefeitura
 

COVID-19 em Itaúna

 
Até o momento, o município já registrou 11.799 casos de pessoas infectadas pelo coronavírus. Além disso, 275 pessoas morreram da doença e 42 casos estão ativos atualmente. 
 
Itaúna conta com apenas um hospital, o Manoel Gonçalves, que atende à microrregião que compreende Itaguara, Itatiaiuçu e Piracema. Atualmente, existem oito pessoas internadas, sendo seis no CTI e duas na enfermaria. 
 
O município já vacinou 67.025 pessoas com a primeira dose do imunizante contra a COVID-19, 24.648 receberam a segunda dose e 2.139 receberam a dose única da vacina. 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade