Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Uberlândia faz parceria com hospitais privados e retoma cirurgias eletivas

Procedimentos não emergenciais estavam suspensos nas unidades públicas por causa do aumento de casos de COVID-19; ideia é zerar fila de espera


15/06/2021 16:51 - atualizado 15/06/2021 17:08

Cirurgias de hérnia e retirada de vesícula serão
Cirurgias de hérnia e retirada de vesícula serão "priorizadas" para zerar filas (foto: Prefeitura de Uberlândia/Divulgação)
Uma parceria entre a Prefeitura de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e hospitais particulares deve ajudar a zerar a fila de cirurgias eletivas, aquelas que não são emergenciais, da rede pública.

Os procedimentos estão suspensos desde março por causa da alta de casos de COVID-19, e do risco de contaminação de pacientes que não têm a doença circulando em hospitais onde há casos confirmados.
 
Como as unidades públicas ainda não podem realizar as cirurgias, uma vez que as taxas de ocupação de leitos ainda continuam altas, a ideia foi aproveitar o programa Uberlândia Mais Saúde, que prevê que hospitais e clínicas particulares que tenham algum débito tributário com o município façam as cirurgias como forma de compensação e ajudem na retomada dos atendimentos.
 
O Hospital e Maternidade Madrecor foi a primeira instituição credenciada e autorizada a realizar os procedimentos. A unidade vai realizar cirurgias não emergenciais de hérnias e retiradas de vesículas.
 
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, esses dois tipos de intervenções são os que concentram a maior parte da fila de espera no sistema público. Com a retomada, a previsão é de que sejam realizados algo em torno de 170 cirurgias por mês.  
 
"Mesmo com o procedimento realizado em unidade particular, os agendamentos continuam sendo feitos pela Central de Regulação Municipal, conforme prioridades estabelecidas pela classificação e solicitação médica. Os pacientes serão chamados para avaliação médica e realização dos exames pré-operatórios. Posteriormente, a Central fará os agendamentos das cirurgias", informa a prefeitura.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade