Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Monte Verde está com as hospedagens lotadas para este fim de semana

Hotéis e pousadas estão operando com o limite de ocupação em 60%. Outras medidas também foram adotada para evitar a disseminação da COVID-19


11/06/2021 17:29 - atualizado 11/06/2021 18:54

Monte Verde instala barreira sanitária no portal para controlar entrada de turistas(foto: MOVE/Divulgação )
Monte Verde instala barreira sanitária no portal para controlar entrada de turistas (foto: MOVE/Divulgação )
O Dia dos Namorados é comemorado neste sábado (12/6), e Monte Verde, distrito de Camanducaia, no Sul de Minas, é um dos destinos mais procurados pelos casais. Inclusive, de acordo com Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região (MOVE), 100% das hospedagens já estão ocupadas para este fim de semana.

Vale destacar, no entanto, que hotéis e pousadas operam com o limite de ocupação em 60%, sendo obrigatório o cadastro das reservas no sistema.

Essa é uma das medidas adotadas pelo distrito para controlar a entrada de turistas devido à pandemia do coronavírus e, assim, evitar aglomerações.

O turismo de um dia também é permitido em Monte Verde e quem não possui reserva ainda pode curtir o clima europeu da vila.

Porém, foi instalada uma barreira sanitária no portal do distrito para controlar a entrada de turistas. São três passagens: uma para os moradores, outra para hóspedes e a terceira para os turistas de um dia.

“A gente até fala para as pessoas que vierem visitar Monte Verde que não escolham os horários de pico para fazer essa viagem, porque você pode acabar pegando trânsito pra entrar. Porque a gente tem a barreira sanitária, onde é aferida a temperatura, onde você tem que fazer o seu cadastro de entrada, então às vezes isso demora um pouco. Então, evitar vir naquele horário entre 11h e 13h, entre 17h e 19h – que é o horário que tem mais fluxo na entrada da cidade", explicou a presidente da MOVE, Rebecca Wagner.

Os hotéis e pousadas de Monte Verde estão operando com o limite de ocupação em 60%, sendo obrigatório o cadastro das reservas no sistema(foto: Tom Araujo/Divulgação)
Os hotéis e pousadas de Monte Verde estão operando com o limite de ocupação em 60%, sendo obrigatório o cadastro das reservas no sistema (foto: Tom Araujo/Divulgação)


Dia dos Namorados

A vila promoverá três eventos simultâneos entre 11 de junho e 15 de agosto: Amor nas Montanhas, Inverno nas Montanhas e o Festival de Gastronomia. E tem programação especial para os casais: os restaurantes terão pratos que remetem ao Dia dos Namorados, músicos estarão fazendo serenatas aos casais e, além disso, a vila terá um cenário decorado para propor alguém em namoro ou em casamento.

“O frio realmente chama o romance e a gastronomia. E essa época é época do vinho, do fondue – que é bem romântico e muito procurado pelos casais –, além do chocolate. As chocolateiras estão decoradas e têm vários produtos bem direcionados para o amor. A cidade vai estar decorada também, as floreiras estão todas floridas, então está bem gostoso. E o friozinho promete”, destaca a presidente da MOVE.


Turismo consciente

Ano passado, Monte Verde implementou o turismo consciente – um sistema de controle para receber os visitantes. O distrito inclusive foi exemplo para outras cidades na retomada do turismo. Várias medidas foram adotadas para evitar a disseminação da COVID-19 e garantir a segurança de turistas e moradores.

Os hotéis e pousadas de Monte Verde estão operando com o limite de ocupação em 60%, sendo obrigatório o cadastro das reservas no sistema. Já restaurantes, bares e lanchonetes devem limitar quatro pessoas por mesa e proibir a junção de mesas. Também fica vedado o consumo em pé nos estabelecimentos.

Outra medida adotada recentemente pela Prefeitura de Camanducaia foi tornar a avenida principal de Monte Verde em mão única. Assim, a calçada ficou mais larga para evitar aglomeração de pessoas.

Monte Verde deixa o Minas Consciente 

Na última sexta-feira (4/6), a Prefeitura de Camanducaia decidiu deixar o Plano Minas Consciente, após o governo de Minas anunciar novas restrições para as macrorregiões que estão na onda vermelha, como a proibição de eventos, atrativos culturais e naturais.

Na ocasião, a prefeitura informou em nota que as medidas não atendem às necessidades do município.

“O combate à pandemia é prioridade da administração e as regras dos nossos protocolos avaliam as especificidades do município. Se seguidos à risca, como temos pedido há mais de um ano, garantem a segurança da população e permitem o funcionamento dos comércios... O comércio e o turismo não podem ser vistos como os únicos vilões da saúde ” diz a nota. 

Agora, Camanducaia segue o decreto municipal – que autoriza a abertura do turismo mediante a adoção de protocolos de prevenção à COVID. Isso permite que Monte Verde promova essa tríade de eventos a partir desta sexta-feira (11/6).
(Gabriella Starneck / Especial para o EM)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade