Publicidade

Estado de Minas FERIADÃO

Feriado de Corpus Christi: saídas de BH aumentam, mas são inferiores a 2019

Rodoviária de BH e aeroporto de Confins esperam milhares de passageiros, mas número é menor que o do período pré-pandemia; estradas terão operações policiais


02/06/2021 13:01 - atualizado 02/06/2021 14:20

Nesta quarta-feira, a expectativa é de que 18.850 pessoas passem pelo aeroporto de Confins(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Nesta quarta-feira, a expectativa é de que 18.850 pessoas passem pelo aeroporto de Confins (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)

Apesar do momento da pandemia no país, com o maior número de casos de COVID-19 em relação ao ano passado e a circulação de novas cepas do coronavírus, o movimento da saída para o feriado de Corpus Christi pode ser mais intenso que nos dias anteriores, mas ainda inferior ao período pré-pandemia.

Os principais terminais da capital já se organizam para receber os passageiros em segurança. Nas rodovias, haverá operações para garantir a segurança no trânsito. 

A BH-Airport, concessionária responsável pelo Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, espera mais de 87 mil passageiros desta quarta-feira (2/6) até a próxima segunda (7/6). Segundo a empresa, esse número representa 20% do movimento esperado para junho. 

São previstos 780 voos. Só para hoje, a expectativa é de que 18.850 pessoas passem pelo aeroporto. A concessionária prefere não fazer um comparativo com o mesmo período do ano passado. Isso porque, em junho de 2020, os terminais aéreos operavam de forma mais restrita em todo o país, com um menor número de voos e prioridade para o transporte de profissionais da área da saúde.

Mas a BH-Airport destaca que o número ainda é inferior ao de 2019, quando até 30 mil pessoas passavam diariamente pelo aeroporto. 

A concessionária também pede consciência dos viajantes em relação às medidas para evitar a COVID-19.

“A concessionária recomenda aos passageiros que fiquem atentos aos horários de embarque, que venham de máscara e cheguem ao aeroporto com antecedência, principalmente nos dias de maior fluxo, para que todo o processo até a chegada à aeronave seja realizado com a máxima proteção contra o coronavírus”, alerta a administradora do terminal aéreo. 
 

Fluxo maior também na rodovária

 
Já pela Rodoviária de BH, no Centro, devem passar 75 mil pessoas nesses cinco dias. “Esse volume representa 158% de crescimento na quantidade de passageiros verificada no mesmo feriado em 2020 (28.954 pessoas). Comparando-se os dados de 2019, quando não havia a pandemia de coronavírus, com a expectativa para 2021, o fluxo de pessoas esperado para o feriado de Corpus Christi neste ano ainda é significativamente menor: cerca de 55% a menos do que o volume registrado no mesmo feriado de 2019, quando quase 165 mil passageiros transitaram pelo Terminal”, calcula a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), administradora da rodoviária. 

Ainda segundo a Codemge, de 2 a 7 de junho, devem ocorrer 2.048 partidas do terminal, número 87% maior do que em 2020 e 47% menor que em 2019. O número de chegadas é ainda menor: a previsão é de 1.916 chegadas de ônibus à Rodoviária de BH, 123% a mais do que no ano passado e 51% a menos que há dois anos, no período pré-pandemia. 

Neste ano, os destinos mais procurados fora do estado são Rio de Janeiro (RJ), Cabo Frio (RJ), São Paulo (SP), Campinas (SP), Salvador (BA), Brasília (DF) e Vitória (ES). Dentro do estado, a maior parte dos passageiros deve seguir com destino a Araçuaí, Governador Valadares, Teófilo Otoni, Nanuque, Conselheiro Lafaiete, São João del-Rei, Divinópolis, Ouro Preto e Juiz de Fora, e para o Aeroporto de Confins.

Orientações


Assim como no terminal aéreo de Confins, a rodoviária da capital também pede que as pessoas usem máscaras e mantenham o distanciamento adequado. Para evitar aglomerações, a Codemge pede que apenas as pessoas que forem embarcar nos ônibus entrem na rodoviária. 

Em todos os dias do feriado, após as 23h30, somente quem tiver as passagens em mãos podem entrar na rodoviária, entre as plataformas D e E. A companhia também orienta os passageiros a consultar o quadro de horários para confirmar as viagens disponíveis. 

Nas estradas


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar Rodoviária (PMRv) vão realizar operações nas rodovias federais e estaduais ao longo do feriado prolongado para evitar acidentes e coibir crimes. 

Neste momento, as polícias não têm uma estimativa do número de veículos que podem circular pela malha viária de Minas no Corpus Christi, mas algumas concessionárias que atuam nas rodovias divulgaram números.

 A Autopista Fernão Dias, responsável por mais de 560 quilômetros da BR-381 de Minas a São Paulo, espera a passagem de mais de 850 mil veículos nos dias do recesso, com maior movimento na quinta-feira (3/6) e no domingo (6/6).

Já de acordo com Via 040, responsável pela BR-040 de Minas até Brasília (DF), considerando a flexibilização do isolamento em diversos locais, há expectativa de um movimento 14% maior em relação aos dias normais, com fluxo menor na sexta-feira e sábado do feriado prolongado. 

Nas BRs, cerca de 800 policiais rodoviários federais vão se revezar em operações ao longo dos trechos considerados mais críticos. Desta vez, não haverá restrições para veículos ou combinações de veículos, passíveis ou não
de Autorização Especial de Trânsito (AET), ou Autorização Específica (AE).

Já a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), em conjunto com outros comandos da Polícia Militar do estado, além da fiscalização voltada para o trânsito nas MGs e rodovias federais delegadas, também terá as atenções voltadas para ações de combate ao tráfico de drogas, armas e explosivos. As ações já começaram nesta manhã com apreensões de drogas e munição. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade