Publicidade

Estado de Minas SUSTO

Homem reage a assalto e evita roubo em joalheria de BH

Proprietários da loja foram surpreendidos por ladrões armados, mas um dos donos entrou em luta corporal com criminosos, que fugiram levando um celular


26/05/2021 22:02 - atualizado 26/05/2021 22:02

Um dos donos da joalheria segurou um dos bandidos. Toda a ação durou menos de dois minutos(foto: Reprodução)
Um dos donos da joalheria segurou um dos bandidos. Toda a ação durou menos de dois minutos (foto: Reprodução)
Dois proprietários de uma joalheria no Bairro Renascença, na Região Nordeste de Belo Horizonte, passaram por momentos de apuros na manhã desta quarta-feira (26/5). Isso porque eles foram surpreendidos por dois ladrões, sendo que um deles estava armado. Um dos donos da loja entrou em luta corporal com os rapazes, que fugiram levando apenas um aparelho celular.

Toda a ação foi gravada por uma câmera de segurança próxima à joalheria. Nas imagens, é possível ver o momento em que os dois proprietários descem do carro, na Rua Paru, e vão em direção à loja. Em seguida, os ladrões, que estavam observando na esquina, se aproximam e abordam os empresários, que foram levados para a parte interna do estabelecimento. Os bandidos estavam uniformizados.

Um dos homens chegou a sacar uma arma. De acordo com a Polícia Militar (PM), os bandidos pediram para que os proprietários desarmassem o alarme. No entanto, um dos donos, de 32 anos, reagiu à tentativa de roubo e colocou os ladrões para fora da loja. O trio entrou em luta corporal, mas um dos rapazes conseguiu se desvencilhar e pegar a arma que havia caído no chão.

O dono da loja que reagiu, continuou segurando um dos ladrões, enquanto o comparsa que estava livre deu um tiro para o alto para que o homem soltasse o bandido e deixasse a dupla ir embora. Quando o rapaz conseguiu sair, os dois foram em direção à Rua Caconde. Na esquina, o homem armado deu um tiro em direção aos proprietários da joalheria. A bala, no entanto, acertou a calçada, próximo ao dono que reagiu.

Momentos depois, a dupla fugiu em uma motocicleta de cor preta levando apenas um telefone celular. A PM chegou a fazer um rastreamento na região, mas ninguém foi preso.

O dono da joalheria que reagiu teve escoriações e foi levado para o Hospital Odilon Behrens com suspeita de ter deslocado o ombro esquerdo. Ele passou por exames no centro médico.

A região também conta com outras câmeras de monitoramento, que podem ajudar na investigação do crime. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Plantão 1, da Polícia Civil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade