Publicidade

Estado de Minas VEJA O VÍDEO

Policial militar rodoviário salva bebê engasgado

Caso ocorreu na noite de segunda-feira (24/5), em Teófilo Otoni (MG). Mãe pediu socorro aos policiais e um deles desengasgou o recém-nascido de seis dias


26/05/2021 07:39 - atualizado 26/05/2021 09:32

Câmera de segurança flagrou policiais socorrendo o bebê(foto: Reprodução da internet/WhatsApp)
Câmera de segurança flagrou policiais socorrendo o bebê (foto: Reprodução da internet/WhatsApp)
 
Um bebê que nasceu há apenas seis dias foi salvo de um engasgo por um policial militar rodoviário em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (24/5), mas só foi divulgado na noite desta terça (25/5). A ação foi flagrada pela câmera de segurança de um estabelecimento comercial.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), militares que faziam uma operação na MGC-418 foram surpreendidos com a chegada de uma jovem de 20 anos que, chorando, pediu ajuda a eles. 

A moça estava com o filho recém-nascido nos braços. Ele havia engasgado e não estava respirando. Segundo os policiais, a pele dele já começava a apresentar um tom azulado. 



As imagens da câmera do local mostram o policial se sentando rapidamente em uma cadeira do comércio e iniciando as manobras de reanimação no bebê. Ele vira o menino com a barriga para baixo, segurando o corpo com a mão esquerda, enquanto bate devagar nas costas com a direita. O bebê começa a voltar a se mexer e ele continua o procedimento. 

Toda a ação é acompanhada pelos pais da criança e outras testemunhas. O vídeo também mostra o militar desapertando a roupinha do bebê. Após a repetição das manobras, ele voltou a respirar.

Ele foi encaminhado ao pronto-socorro do município para atendimento e não ficou internado. Nesta quarta-feira, a PMRv informou que o bebê precisou voltar ao hospital, mas para o tratamento de outro problema de saúde.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade