Publicidade

Estado de Minas RESGATE

Por telefone, bombeiros salvam bebê engasgado

Mulher ligou para o corpo de Bombeiros e foi orientada sobre o que fazer


23/03/2021 16:05 - atualizado 23/03/2021 16:38

Depois da orientação por telefone, o resgate do bombeiro foi até a residência para conduzir o bebê ao hospital(foto: CBMMG/Divulgação )
Depois da orientação por telefone, o resgate do bombeiro foi até a residência para conduzir o bebê ao hospital (foto: CBMMG/Divulgação )

- Alô.

- Socorro, estou precisando de ajuda. O bebê engasgou.

- Calma. Faz o que eu vou te falar. Abrace o bebê no seu peito.

- Sim.
- Agora vire-o de cabeça quase para baixo, uns 45 garus.

- Pronto.

- Agora, comece a dar tapinhas nas costas dele.

- Sim.

- Desengasgou?

- Sim, tá começando a respirar.


O diálogo aconteceu, por telefone, entre o plantonista do Corpo de Bombeiros de Frutal, o sargento Hanoaka, e uma mulher, a tia de um bebê de 1 ano, que estava engasgado. Sem o conhecimento de primeiros socorros, ela recorreu aos bombeiros e o bebê foi salvo. Está vivo e passa bem.

 

Segundo o sargento, o recomendado nesses casos é orientar o adulto sobre o que fazer, pois enviar um socorro até a residência não daria tempo e o bebê provavelmente estaria morto.

 

De acordo com Hanoaka, nesses casos é fazer com que a criança emita sons, certificando que a passagem de ar esteja liberada.
 

De imediato, tão logo ele teve a certeza de que o bebê estava respirando, foi enviada uma Unidade de Resgate para atendimento no local. Os militares ampararam a família e auxiliaram na condução do bebê à unidade hospitalar do município de Frutal.

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade