Publicidade

Estado de Minas SALVAMENTO

Vídeo: bombeiro de Araxá salva recém-nascida que estava engasgada

Antes do salvamento, o pai e a avó da criança chegaram de carro e estacionaram em frente da entrada da sede da 2ª Companhia de Bombeiros Militar


16/04/2021 14:29 - atualizado 16/04/2021 16:44

Momento que a avó da recém nascida desce do carro e corre até a porta de entrada da sede do Corpo de Bombeiros de Araxá(foto: CBMMG/Divulgação)
Momento que a avó da recém nascida desce do carro e corre até a porta de entrada da sede do Corpo de Bombeiros de Araxá (foto: CBMMG/Divulgação)

 

Vídeo divulgado na noite desta quinta-feira (15/4) nas redes sociais do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) mostrou o desespero do pai e da avó de uma recém-nascida, que estava engasgada, no momento que chegaram à sede da 2ª Companhia de Bombeiros Militar, em Araxá no Triângulo Mineiro. Após o pai estacionar o seu carro em frente à entrada principal do local, a avó saiu correndo pela porta do passageiro e, prontamente, foram recebidos por um dos bombeiros que estava de plantão.
 
O fato ocorreu na semana passada, mas só agora foi divulgado pelo CBMMG.


 
Pelo vídeo é possível perceber que o bombeiro, rapidamente, vira a criança - que, além de engasgada, estava sem respirar - de barriga para baixo e começa a dar ‘tapinhas’ em suas costas. Felizmente, diante da primeira manobra já foi possível que a criança voltasse a emitir sons, estabilizando os seus sinais vitais. 
 
Mesmo assim, os militares que estavam de plantão orientaram a avó e o pai da criança que ela necessitaria de atendimento médico para certificar de que tudo estava bem e ainda ensinaram as manobras aos responsáveis pelo bebê.
 
O pai relatou aos bombeiros que havia visto uma matéria divulgada na imprensa dias atrás noticiando outra bebê que havia passado pelo mesmo problema e que os pais haviam procurado a sede do CB de Araxá, onde ela havia sido atendida e salva.
 
O CBMMG orienta que, em casos análogos seja acionado o número de emergência 193 eu que a pessoa siga atentamente as orientações do telefonista enquanto uma viatura de resgate desloca até o local.
 
De acordo com o Centro Integrado de Defesa Social (CINDS), do CBMMG, foram registradas, de janeiro a dezembro de 2020, cerca de 700 atendimentos referentes à obstrução das vias aéreas em todo o estado. O engasgamento é provocado pelo bloqueio da traqueia durante a ingestão de alimentos ou objetos, dificultando a respiração.
 
O CBMMH orienta que, em caso de bebês que tenham se engasgado por líquido, a mãe ou pai deve fazer a sucção boca a boca e nariz da vítima e executar duas tentativas de ventilação. Caso a obstrução se mantenha, vire o bebê e dê cinco pancadas nas costas, entre as escápulas. Em seguida, vire o bebê novamente e sobre uma superfície rígida ou antebraço faça as cinco compressões no tórax, entre os mamilos. Também em caso de ingestão de objetos sólidos, proceda com as pancadas nas costas e compressões no tórax.
 
Em caso de dúvida, ligue o mais rápido possível para o 193 e se mantenha calmo para executar as tentativas de salvamento.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade