UAI
Publicidade

Estado de Minas SALVAMENTO

Na rua, policiais militares salvam recém-nascido que estava sem respirar

Militares estavam realizando blitz, em Uberaba, e a mãe chegou, desesperada, pedindo ajuda. O bebê foi transferido para o hospital com quadro de saúde estável


20/05/2021 16:39 - atualizado 20/05/2021 16:50

O cabo Nunes, entre os carros, durante manobras de Heimlich no recém nascido, em Uberaba(foto: PMMG/Divulgação)
O cabo Nunes, entre os carros, durante manobras de Heimlich no recém nascido, em Uberaba (foto: PMMG/Divulgação)
Em meio ao trânsito da Avenida Nossa Senhora do Desterro, no Bairro Jardim Esplanada, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, policiais militares salvaram um recém-nascido de 15 dias, do sexo masculino, que estava sem respirar e com sinais vitais fracos, quase imperceptíveis.
Segundo registro policial, o fato ocorreu durante uma blitz, na tarde dessa quarta-feira (19/5), quando, repentinamente, surgiu uma mãe, de 32 anos, em desespero e aos prantos com o bebê no colo, pedindo por ajuda.
 
Diante da emergência, ainda conforme a PM, o cabo Nunes, juntamente com a soldada Bruna, iniciaram diversas manobras de Heimlich (procedimento rápido de primeiros socorros para tratar asfixia devido à obstrução das vias respiratórias superiores por objetos estranhos, como alimento, por exemplo). Após exaustivo empenho, reanimaram a criança.
 
Em seguida, a mãe e o seu filho foram levados rapidamente até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque do Mirante para os primeiros atendimentos médicos.

No entanto, a criança precisou ser transferida para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), onde chegou, segundo informações da Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba (Funepu), com quadro de saúde estável.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade