Publicidade

Estado de Minas CRIME

PM prende homem que assassinou idoso com golpes de botijão de gás em Minas

Homem estava hospedado em um hotel de Entre Folhas e admitiu o crime. Ele disse aos policiais que foi assediado pelo idoso


14/05/2021 21:51 - atualizado 14/05/2021 22:02

Os policiais militares ficaram sabendo das características do acusado por meio de denúncia de um morador da cidade(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Os policiais militares ficaram sabendo das características do acusado por meio de denúncia de um morador da cidade (foto: Redes Sociais/Reprodução)
A Polícia Militar prendeu na tarde desta sexta-feira (14/5) um homem, de 29 anos, que confessou ter assassinado com golpes de botijão de gás, na quarta-feira (12/5), um idoso de 77 anos em Entre Folhas, Leste de Minas.

Os policiais seguiram uma pista que lhes foi passada por um morador de Entre Folhas, informando que o autor do assassinato seria um homem negro, de baixa estatura, desconhecido na cidade. 

Seguindo a pista, os policiais se depararam com uma situação inusitada. A viatura da PM que estava à caça do suspeito foi acionada para ir a uma lavoura de café, onde um homem estava tendo um surto psicótico.

Ao chegar ao local, os policiais viram que o homem que estava em surto tinha as mesmas característicias descritas pelo denunciante, que o apontou como assassino do idoso.

A abordagem foi feita e os policiais consultaram as informações sobre ele. O homem tinha diversas passagens pela polícia: estupro, roubo e dano ao patrimônio público.

Em conversa com os policiais sobre o dia em que aconteceu o assassinato cruel do idoso, ele caiu em contradição a cada pergunta que os policiais faziam.

Camisa com sangue


Os policiais foram ao hotel onde o suspeito estava hospedado, em Entre Folhas, e com autorização da proprietária encontraram no quarto dele uma camisa suja de sangue.

Sem argumentos para negar o óbvio, o homem confessou o crime aos policiais. Disse que cometeu o assassinato depois que o idoso o assediou, chamando a ir à sua casa para manter relações sexuais com ele.

Os policiais deram voz de prisão ao homem e o levaram para a Delegacia de Polícia Civil em Caratinga, onde um inquérito policial está sendo instaurado.

A operação da PM envolveu os militares do Destacamento Policial de Entre Folhas, juntamente com o Comandante do Pelotão PM Tenente Arthuzo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade