Publicidade

Estado de Minas RECUO

COVID: Uberlândia tem queda de 45% no índice de mortes entre março e abril

Mesmo assim, a cidade não saiu de seu pior período da pandemia, uma vez que abril ainda é o segundo mês com maior número total de mortes desde 2020


03/05/2021 12:15 - atualizado 03/05/2021 12:36

Cidade ainda baixou índices de ocupação de leitos de UTI(foto: Divulgação/Prefeitura de Uberlândia)
Cidade ainda baixou índices de ocupação de leitos de UTI (foto: Divulgação/Prefeitura de Uberlândia)
O número de mortes por COVID-19 durante abril em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, caiu 45% no comparativo com o mês anterior. Desde que reabriu a cidade parcialmente, a Prefeitura afirma que o período de maior restrição foi responsável pela melhora dos dados. A cidade, contudo, terminou abril com 2.156 óbitos por coronavírus e segue sendo a segunda maior em quantidade total de mortos pela doença no Estado de Minas Gerais.

De acordo com o boletim local, houve 370 óbitos confirmados por COVID-19 entre os dias 1º e 30 do último mês. Em março, houve 677 mortes do tipo. A média diária de óbitos por coronavírus caiu de 21 para 12 casos no comparativo entre o meses.

Entretanto, o recuo dos números da pandemia mostram que a cidade não saiu de seu pior período na pandemia, uma vez que abril ainda é o segundo mês com maior número total de mortes desde 2020, pendendo apenas para março de 2021. Além disso, os índices de Uberlândia seguem atrás apenas de Belo Horizonte, que até o fim do último mês tinha registrado 1.105 óbitos pela doença.

Melhora
Dados sobre contágio e internações por COVID-19 na cidade de Uberlândia demonstraram que as restrições de circulação entre fevereiro e abril deste ano ajudaram a desafogar o sistema de saúde. Ainda foi informado que houve redução de 85% na demanda por transferência a partir das Unidades de Atendimento Integrado para UTIs de hospitais e de 77% na fila de espera por enfermarias em hospitais.

Ainda durante o último mês, depois de 52 dias com 100% dos leitos de UTI ocupados, a cidade teve uma ligeira queda na ocupação das unidades municipais e baixou 96% deles em uso.

Maio
O boletim mais recente do município mostra que maio registrou mais 10 mortes por coronavírus e a cidade agora 2.166 óbitos, com média de 5 por dia. Ao todo, há 89.129 casos da doença confirmados e 45 em investigação. Neste momento, 93% dos leitos de UTI locais estão ocupados.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade