Publicidade

Estado de Minas CAMPANHA DE VACINAÇÃO

Baixa procura pela vacina contra a gripe acende alerta em BH

Capital mineira recebeu 270 mil doses de imunizantes, mas apenas 24 mil pessoas do grupo prioritário receberam a dose


29/04/2021 20:28 - atualizado 29/04/2021 20:39

Vacina contra a gripe, neste primeiro momento, está sendo aplicada apenas em grupos prioritários(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Vacina contra a gripe, neste primeiro momento, está sendo aplicada apenas em grupos prioritários (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Com início em 12 de abril, a campanha de vacinação contra a gripe em Belo Horizonte ainda não decolou. De acordo com a prefeitura da capital mineira, apenas 24 mil pessoas foram até às unidades de saúde para serem imunizadas.

A cidade recebeu 270 mil doses, mas, neste primeiro momento, apenas crianças de seis meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias estão sendo vacinadas, além de gestantes, trabalhadores de saúde, entre outros.

A meta da PBH é vacinar, neste primeiro momento, 90% do público-alvo, composto por 280 mil pessoas. A parcela que mais procurou pela vacina foi de crianças de seis meses a 5 anos. O Executivo municipal estima que cerca de 12 mil pessoas do grupo foram imunizadas. Além disso, 6 mil trabalhadores de saúde foram vacinados, assim como 5 mil gestantes e 1,2 mil puérperas.

“A vacina é segura e eficaz. Ela protege contra o vírus influenza, que causa doença respiratória, muitas vezes, com quadros graves. Com a imunização, ocorre redução nas complicações e internações. Nesta etapa, estão sendo vacinadas as crianças e, no momento em que as aulas presenciais estão sendo retomadas, a vacinação é fundamental para garantir a proteção contra a gripe”, explicou o subsecretário de Promoção e Vigilância à Saúde, Fabiano Pimenta.

Ainda segundo a PBH, a vacinação em crianças, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde é realizada nos centros de saúde, no horário de rotina das salas de vacina, com exceção das Unidades 24h. Já a aplicação das doses para os profissionais de saúde de hospitais, UPAs e SAMU segue sendo realizada em cada instituição. 

Os endereços dos centros de saúde e os horários estão disponíveis no portal da prefeitura.

A PBH também explicou que, por medida de segurança, pessoas que receberam a vacina contra a COVID-19 precisam respeitar um intervalo mínimo de 14 dias para tomar a dose contra a gripe.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade