Publicidade

Estado de Minas ALMG DE OLHO

Betim, na Grande BH, confirma que deputado furou fila de vacinação

Professor Irineu (PSL), de 63 anos, recebeu a vacina contra a COVID-19 quando apenas pessoas a partir dos 65 poderiam ser imunizadas


22/04/2021 21:21 - atualizado 22/04/2021 21:44

Professor Irineu (PSL) pode sofrer sanções da ALMG por vacinação irregular(foto: Reprodução/Facebook)
Professor Irineu (PSL) pode sofrer sanções da ALMG por vacinação irregular (foto: Reprodução/Facebook)

 

A Prefeitura de Betim, na Grande BH, confirmou nesta quinta (22/4) que o deputado estadual Professor Irineu (PSL) furou a fila de vacinação contra a COVID-19. No dia 14, ele se dirigiu ao centro de saúde Vila Cristina e recebeu o imunizante quando apenas pessoas a partir dos 65 poderiam ser protegidas.

 

Segundo a prefeitura, servidores envolvidos na vacinação nesse centro de saúde foram ouvidos. “Ao analisar os dados cadastrados no sistema dos imunizantes aplicados, a auditoria constatou que, de fato, a vacinação irregular foi realizada no dia 14 de abril, às 14h", informa o Executivo municipal.

 

Ainda conforme a Prefeitura de Betim, o deputado burlou a triagem e se dirigiu diretamente à sala de vacinação da unidade de saúde. Portanto, ele não teve os documentos conferidos.

 

Somente após a aplicação da vacina, os profissionais de saúde souberam que ele não fazia parte do grupo atendido àquela altura.

 

Pelas redes sociais, o parlamentar esclareceu que ligou na unidade para perguntar se poderia se vacinar lá. Ele recebeu a resposta positiva, mas ao chegar ao local foi lhe dito que apenas pessoas a partir dos 65 poderiam se imunizar.

 

Segundo Professor Irineu, os servidores da prefeitura afirmaram que ele poderia se vacinar caso alguma ampola sobrasse durante o expediente. O que, de acordo com ele, aconteceu.

 

"O deputado esclarece que não tem nenhuma ilegalidade na vacinação, uma vez que foi imunizado e recebeu o comprovante com a marcação da segunda dose", informou o político nas redes sociais.

 

De acordo com a Prefeitura de Betim, o caso foi encaminhado à Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Trajetória política

 

No último pleito, Professor Irineu se candidatou ao cargo de prefeito de Contagem, também na Grande BH, mas não se elegeu. Ele está em seu primeiro mandato como deputado estadual.

 

Também ocupou o cargo de vereador de Contagem por três mandatos. Em 17 anos de carreira política, ele passou pelas siglas PSD e PSDC (hoje apenas DC), além do PSL.

 

Irineu é professor de matemática, pós-graduado e concursado da rede pública municipal de Contagem, do quadro da Funec (Fundação de Ensino de Contagem).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade