Publicidade

Estado de Minas CLIMA

Baixa umidade do ar preocupa a Defesa Civil em Belo Horizonte

A condição demanda cuidado redobrado com a saúde e a hidratação. Principalmente porque a partir de amanhã as temperaturas também devem começar a cair


13/04/2021 06:00 - atualizado 13/04/2021 07:18

Baixa umidade relativa do ar na capital mineira preocupa a Defesa Civil(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)
Baixa umidade relativa do ar na capital mineira preocupa a Defesa Civil (foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)


O outono chegou de vez em Minas. Tempo seco e temperaturas amenas marcam a estação, que promete intensificar suas características nos próximos dias. É o que indicam os modelos meteorológicos para todo o estado. Em Belo Horizonte, a massa de ar seco, que favorece os baixos índices de umidade relativa do ar, preocupa até a Defesa Civil.
 
O órgão municipal emitiu alerta ontem para a população. Como os índices podem ficar abaixo de 30% no período da tarde, a recomendação para redobrar a atenção e se hidratar vale até as 18h de hoje.
 
O ideal, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é que a umidade varie entre 50% e 80%. É por isso que, quando os níveis estão entre 20% e 30%, as regiões entram em estado de atenção.


 
Além de BH, os baixos índices de umidade do ar foram registrados no Sul de Minas, Triângulo Mineiro e Zona da Mata. O menor índice foi em Sacramento, no Triângulo, que chegou a 19%.
 
De acordo com a meteorologista Anete Fernandes, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os índices de umidade devem melhorar a partir de amanhã. “A tendência é de ter melhora. Amanhã, deve subir um pouquinho. O sistema (de ar seco) passa pela madrugada, mas logo na retaguarda entra a alta pressão, jogando a umidade para o interior do continente. Então, boa parte do mapa pode aumentar os índices. Já no Triângulo, Norte e Noroeste pode ser que tenha mais dificuldade por enquanto, mas até quinta-feira melhora em todo estado”, projetou a meteorologista.
 
Hoje, a intensificação do transporte de umidade de origem oceânica no decorrer do dia tende a aumentar a quantidade de nuvens e provocar chuviscos ou chuva fraca em pontos isolados do Sul e Sudeste de Minas.
 
No Centro-Leste do estado, o dia amanhece com céu claro, mas a nebulosidade também aumenta no decorrer do dia. Por outro lado, os índices de umidade podem ficar próximos ou ligeiramente abaixo de 30%, no período da tarde, no extremo norte e no Oeste mineiro.

Geada


A temperatura mínima persiste em 60C no Sul de Minas e amanhã pode cair para 40C. “Vai ter nevoeiro e pode ter geada na sexta-feira por causa da massa fria que avança pelo oceano e favorece o transporte de umidade”, explica Anete.
 
Em Belo Horizonte, o tempo fica estável, com mínima saindo da casa dos 150C e máxima de 290C. Um ligeiro declínio da máxima deve ocorrer a partir de amanhã, quando os termômetros não devem passar de 270C, e na quinta e sexta cai mais uma casa, estacionando emnos 260C.
 
De acordo com a meteorologista, o tempo está dentro dos padrões da estação. “A gente começa a ter variações no outono. O tempo seco mesmo começa normalmente a partir de maio, mas as temperaturas frias a gente começa a perceber em abril. Significa que estamos caminhando para o meio de outono”, diz.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade