Publicidade

Estado de Minas Incêndios

Fogo em fábrica abandonada assusta moradores do Barreiro

Moradores quase provocam tragédia ao queimar lixo. No interior, fogo destrói casa


09/04/2021 17:50 - atualizado 09/04/2021 18:48

Fogo na fábrica ameaçava se espalhar por residências(foto: CBMMG/Divulgação )
Fogo na fábrica ameaçava se espalhar por residências (foto: CBMMG/Divulgação )

A tentativa de moradores do Bairro Castanheiras, na região do Barreiro, em atear fogo numa grande quantidade de lixo acumulada numa fábrica abandonada, na Avenida Waldir Soeiro Enrich, 60, por pouco não se transformou em tragédia, pois resultou num grande incêndio, que ameaçava residências próximas.

fumaça podia ser vista de longe. Um grande volume de fumaça escura saía do local. Segundo moradores, além do mau cheiro, o local atraía muitos bichos peçonhentos e também insetos transmissores de doenças.

 

Uma testemunha disse que os moradores já haviam tentado localizar o proprietário da fábrica, mas não obtiveram sucesso, por isso resolveram colocar fogo no lixo. Só não esperavam que pudesse ocorrer um incêndio. O Corpo de Bombeiros esteve no local e controlou as chamas. 

No interior

Um incêndio destruiu parte de uma casa, na Rua Dezesseis, no Centro de Ituiutaba, no Triângulo Mineiro. O fogo teve início na dispensa da casa, que foi a parte mais atingida.

 

Os bombeiros foram chamados e quando chegaram à residência, vizinhos já haviam iniciado o combate às chamas, usando uma mangueira de jardim, jogando água por meio de uma janela no acesso lateral à residência.

 

Os bombeiros apagaram as chamas e fizeram um trabalho de rescaldo, para se certificar que o fogo tinha sido totalmente debelado. O fogo danificou a fiação elétrica, paredes, forro, madeiras e o telhado da residência. Eletrodomésticos, objetos, roupas e alimentos foram destruídos. Não houve vítimas.

 

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade