Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

Polícia Civil prende casal foragido do Amazonas, em bairro de luxo de BH

Ambos estavam usando documentos falsos no momento da prisão; a mulher é investigada por envolvimento com facções criminosas e tráfico de drogas


06/04/2021 16:01 - atualizado 06/04/2021 16:58

PCMG estava investigando o casal em ação conjunta com a Polícia Civil do Rio de Janeiro (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
PCMG estava investigando o casal em ação conjunta com a Polícia Civil do Rio de Janeiro (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, nesta terça-feira (06/04), um casal de Manaus, em um apartamento de luxo no Bairro de Lourdes, em Belo Horizonte, por uso de documento falso. A mulher é investigada por envolvimento com o tráfico de drogas e organização criminosa, e tinha dois mandados de prisão em aberto na Justiça do Amazonas. 
 
Segundo o delegado João Francisco Barbosa Neto, a mulher, de 36 anos, estava sendo monitorada há alguns meses em trabalho conjunto do Departamento de Operações Especiais (Deoesp) e a Polícia Civil do Rio de Janeiro e foi possível identificar que o casal estava hospedado em um apartamento na Rua São Paulo, no Bairro de Lourdes. 
 
Durante a abordagem, ambos apresentaram documentos falsos e, por isso, além do cumprimento do mandado de prisão, a PCMG prendeu o casal em flagrante pelo crime. Segundo o delegado, eles tinham envolvimento com as facções criminosas do Amazonas e se mudaram para o Rio, ficando ligados ao Comando Vermelho. 
 
A mulher, que não foi identificada, é suspeita de entregar e distribuir drogas na
capital carioca. Principalmente maconha do tipo skunk ou skank, que possui uma concentração maior da substância. 
 
De acordo com PCMG, as investigações indicam que a maconha vinha da Colômbia, entravam pelo Norte do país e em seguida era distribuída, mas, até o momento, não há registro que eles estavam traficando drogas em BH. 
 
Ainda segundo o delegado, por serem foragidos da Justiça no Amazonas, o casal mudou de endereço algumas vezes para dificultar o trabalho da polícia. A mulher mantinha o comando sobre alguns bairros em Manaus. Locais que comandado por seu ex-marido, preso por envolvimento com a morte de um delegado. 
 
A polícia também descobriu que o irmão da suspeita já foi preso e morto em um presídio do Amazonas, envolvido com facções criminosas. 
 
O casal, que teve a identidade preservada, foi preso e está à disposição da Justiça para cumprir os mandados. 
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade