Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Onda roxa: veja o que funciona e o que ficará fechado em BH na Semana Santa

Supermercados, padarias e açougues ficarão fechados apenas no domingo


31/03/2021 17:16 - atualizado 31/03/2021 17:52

Supermercados ficarão fechados no domingo por determinação da prefeitura(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Supermercados ficarão fechados no domingo por determinação da prefeitura (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
 
Para conter o avanço dos casos e mortes por coronavírus, Belo Horizonte manterá todo o comércio restrito durante os quatro dias do feriado da Semana Santa, que começará a partir desta quinta-feira (1º/4). Por isso, a população precisa se planejar o quanto antes para evitar surpresas. 
 
O decreto assinado pelo prefeito Alexandre Kalil em 6 de março continuará sendo a base para o protocolo adotado pelo município, com proibição do funcionamento de todos os serviços não-essenciais, como bares e restaurantes (exceto para delivery), cinemas, feiras, escolas, lojas de vestuário, academias, eventos e parques. A mesma regra vai valer para esta Sexta-feira da Paixão (2/4) e para o sábado (3/4).

O município vai liberar apenas que os serviços essenciais abram as portas. Nesse caso, estão incluídos supermercados, farmácias, padarias, açougues, mercearias, comércio de laticínios e frios, lojas de material elétrico e hidráulico, entre outros. 

No domingo de Páscoa (4/4), por sua vez, o protocolo adotado pela Prefeitura de Belo Horizonte será diferente, restringindo parte das atividades essenciais, a exemplo do que ocorreu no último domingo (28/3).

Segundo a PBH, continuarão podendo funcionar artigos farmacêuticos, postos de combustíveis para veículos automotores, artigos farmacêuticos, com manipulação de fórmula, óticas, artigos médicos e ortopédicos, e comércio de medicamentos veterinários. Os centros de saúde e hospitais permanecerão com as portas abertas.
 
Belo Horizonte entrou na onda roxa do programa Minas Consciente por determinação do governo de Minas, depois da situação caótica vivida pelas regiões com relação à oferta de UTIs em todo o estado. 
 
Com isso, a cidade seguirá com toque de recolher das 20h às 5h e proibição de festas e eventos com aglomeração, além de contar com a fiscalização da Guarda Municipal nas ruas. A prefeitura já havia determinado o fechamento de praças, incluindo a Praça Sete, considerado o coração de BH. 
 
A capital registrou queda na ocupação de leitos no boletim dessa terça-feira. De acordo com os dados, o percentual de uso dos leitos do tipo – que inclui SUS e particular – diminuiu de 100,7%, registrados nessa segunda-feira (29/3), para 97,2% nesta terça-feira.
 
A cidade já passa de 3,2 mil mortes e mais de 140 mil casos desde o início da pandemia, em março do ano passado 

Confira o que pode funcionar:

 
QUINTA, SEXTA-FEIRA E SÁBADO (DIAS 1º,2 E 3/4)

Supermercados
Padarias
Casas de carnes
Mercearias
Lojas de material elétrico e hidráulico
Agências bancárias
Casas lotéricas
Bancas de jornais
Agências de correios e telégrafos
Comércio de laticínios e frios
Peixarias
Indústrias em geral 
Combustíveis
Farmácias
Óticas
Comércio veterinário
Artigos médicos e ortopédicos


DOMINGO DE PÁSCOA (4/4)

Artigos farmacêuticos
Combustíveis para veículos automotores
Artigos farmacêuticos, com manipulação de fórmula
Artigos de ótica
Artigos médicos e ortopédicos
Comércio de medicamentos veterinários


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade