Publicidade

Estado de Minas ONDA ROXA

Mesmo lotado, Albergue de Uberaba aumenta tempo de permanência de usuários

Com a pandemia, demanda no local aumentou, e após a implantação da onda roxa, coordenação mudou o protocolo de atendimento


20/03/2021 10:46 - atualizado 20/03/2021 11:47

Atualmente o Albergue de Uberaba abriga 26 homens e quatro mulheres entre 19 e 72 anos. (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
Atualmente o Albergue de Uberaba abriga 26 homens e quatro mulheres entre 19 e 72 anos. (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
Com a implantação da onda roxa em todo o estado, o Albergue Municipal de Uberaba alterou o protocolo de atendimento, e agora o seu usuário pode permanecer o tempo que for preciso até a equipe do local conseguir auxiliá-lo para voltar para sua casa ou para que ele seja reinserido na sociedade. Antes, a pessoa podia permanecer até no máximo cinco dias na casa de passagem.

De acordo com o coordenador do albergue, Fábio França, a pandemia ocasionou uma maior demanda, e hoje o local está 100% ocupado. "Atualmente o albergue abriga 26 homens e quatro mulheres entre 19 e 72 anos. No local, os usuários têm camas individuais, quatro refeições diárias, além de receberem roupas, chinelos e materiais de higiene pessoal”, contou França, que acrescenta que outra medida adotada durante a pandemia foi aumentar o distanciamento entre as camas.

Fábio França também falou sobre as ações do Albergue Uberaba, após a chegada no local da pessoa em situação de rua: "Realizamos o contato com familiares, a emissão de documentos, o encaminhamento para comunidades terapêuticas nos casos de dependentes químicos ou de álcool. Além disso, o encaminhamento para o mercado de trabalho está entre as ações desenvolvidas com os usuários do albergue. E em alguns casos, a casa transitória também oferece passagens para que a pessoa possa retornar à cidade de origem”, finalizou.

NÚMEROS


Desde o início da pandemia foram registrados, em Uberaba, 17.485 casos positivos da COVID-19, sendo que destes 436 pessoas morreram e 15.460 se recuperaram.

Neste momento da pandemia no município, a situação da rede privada de saúde é a que mais preocupa, já que a taxa de ocupação de leitos UTI/COVID está bem perto dos 100%.

Já a rede pública que esteve no começo da semana quase em colapso total, com ocupação de UTIs em 100% e de enfermaria em quase 90%, apresentou leve queda nas últimas 24h e, neste momento, a taxa de ocupação é de 80%, tanto com relação aos leitos de UTI como de enfermaria/COVID.

Último boletim epidemiológico de Uberaba, divulgado na noite desta sexta-feira (19/3)(foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
Último boletim epidemiológico de Uberaba, divulgado na noite desta sexta-feira (19/3) (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade